Mais
×

Como escrever uma redação sobre suas memórias

Atualizado em 19 julho, 2017

Escrever uma redação sobre suas memórias permite detalhar um evento significativo do seu passado e mostrar a influência dele na sua vida presente. Redações desse tipo são muito pessoais e por isso são, muitas vezes, difíceis de escrever. Às vezes, há uma sensação de constrangimento em partilhar uma memória com outras pessoas, ou parece que nada de importante aconteceu que mereça ser incluído na redação. No entanto, depois de entender os passos para a criação de uma redação sobre suas memórias, esta pode ser sua tarefa mais gratificante. Isso acontece porque ela permite que você seja criativo com o assunto sobre o qual você mais conhece: sua própria vida.

Instruções

Aprenda os passos para escrever uma redação sobre suas memórias (Comstock Images/Comstock/Getty Images)
  1. Faça um brainstorm para descobrir um tópico. Faça uma lista de eventos de seu passado que ficaram em sua memória ao longo dos anos. Não tente editar ou analisar sua lista neste momento. Basta colocar as lembranças que vêm à sua mente. É provável que, se a memória permaneceu viva em sua mente durante todos estes anos, ela tenha algum significado.

  2. Escolha um tema que te leve a uma análise. Uma redação sobre uma memória requer que você não somente a descreva, mas também analise e discuta o seu significado e importância. Procure na lista que você criou e escolha uma memória que se encaixe nesses critérios. Se nenhuma delas servir, adicione mais memórias à lista.

  3. Determine a melhor forma de apresentar o evento. Existem várias maneiras de escrever sobre ele: como uma retrospectiva, onde a narrativa começa no presente e, em seguida, move-se em direção ao passado; em ordem cronológica, em que a narrativa se move do passado ao presente; ou em ordem cronológica inversa, onde a cena final de sua memória é contada antes. Pense sobre a sua história específica e decida que caminho faz mais sentido. Será que o público precisa saber alguma coisa sobre a sua vida hoje, a fim de compreender sua memória? Se assim for, use a técnica de retrospectiva. Será que um leitor achará a história mais interessante se o fim da memória for a última parte da redação? Se for esse o caso, use uma narrativa cronológica tradicional.

  4. Escreva de forma vívida e faça a cena ganhar vida. Mostre o máximo de detalhes sobre a memória. Use adjetivos e advérbios para descrever o ambiente e as pessoas envolvidas. Note que o público não sabe nada sobre sua memória, então deixe claro quem são as pessoas, onde a memória se passa e o curso da ação. Diga o que os personagens estão pensando e dizendo, especialmente o seu próprio personagem.

  5. Dê a sua análise da memória. Diga por que ela é importante e como ela influenciou sua vida. Isso é muitas vezes a parte mais difícil. Tente escrever os detalhes do evento e, em seguida, dê um intervalo de um dia ou dois antes de fazer a sua análise. Com este período de reflexão muitas vezes fica mais fácil entender a influência da memória e escrever sobre ela.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article