Como escrever um relatório de ultrassom

Escrito por erin schreiner Google | Traduzido por andressa ferrari arevalo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como escrever um relatório de ultrassom
O ultrassom é usado fazer exames para acompanhamento da gestação (Photodisc/Photodisc/Getty Images)

Um relatório de ultrassom é uma ferramenta de diagnóstico comumente usada. Embora a tecnologia do ultrassom seja usada por muitos motivos, na grande maioria das vezes ela é utilizada para examinar o feto durante a gestação. Este aparelho permite que os obstetras identifiquem e tratem defeitos ou anomalias fetais antes do nascimento, e se preparem para eventuais complicações que possam acompanhar o nascimento. As mulheres grávidas normalmente fazem de duas a quatro ultrassonografias durante os nove meses de gestação. Na conclusão de cada ultrassom, deve ser elaborado um relatório que descreve os resultados do exame. Este relatório contém informações sobre uma série de fatores importantes que impactam a saúde e o bem-estar da mãe e do feto.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Comece o relatório do ultrassom incluindo o nome da clínica ou hospital em que o ultrassom foi realizado. Coloque esta informação básica na parte superior do relatório para permitir um fácil arquivamento.

  2. 2

    Liste o nome da mãe, bem como outras informação básicas. Isso deve incluir o motivo para realização do ultrassom, a data provável do nascimento e o nome do médico. Esta informação é usada estritamente para fins logísticos, permitindo que o relatório seja combinado facilmente com outros dados sobre a gravidez da paciente.

  3. 3

    Inclua medidas biométricas. A saúde do feto é determinada em grande parte através de medidas biométricas. Esta medidas incluem a circunferência da cabeça, a circunferência abdominal e o comprimento do fêmur. Estas figuras permitem a comparação do tamanho real do feto com o tamanho esperado de um feto na idade gestacional em que está sendo realizado o exame. Junto com as medidas, o médico também deve registrar qualquer anormalidade ou áreas de preocupação.

  4. 4

    Faça um relatório sobre a anatomia fetal. Um exame aprofundado da anatomia fetal deve ser realizado durante cada ultrassom. A lista de elementos que devem ser verificados é extensa e inclui todos os principais órgãos, características faciais e regiões genitais. O ultrassonografista deve listar cada área como normal, ou explicar as anormalidades observadas durante a inspeção.

  5. 5

    Meça e liste a quantidade de líquido amniótico. Verifique os níveis de líquido amniótico e inclua esta informações em seu relatório. Claramente afirme se os níveis estão dentro do que é esperado, ou se estão excessivos ou deficientes.

  6. 6

    Faça um comentário sobre a localização da placenta. Verifique a ligação fetal com a placenta, e indique se ela parece estar apropriadamente saudável. Também explique onde a placenta está apoiada em relação ao colo.

  7. 7

    Relate brevemente sobre a anatomia materna. Como provavelmente não será feito um estudo exaustivo da anatomia materna, você deve comentar sobre os elementos que viu durante a realização do seu exame. Liste todas as irregularidades no crescimento abdominal ou quaisquer problemas cervicais que encontrar quando realizar um ultrassom interno.

  8. 8

    Resuma suas descobertas em um parágrafo conciso. Liste todas as informações importantes, incluindo as áreas de preocupação ou locais onde futuras investigações possam ser necessárias. Isto serve como um relato breve e facilmente revisado de suas descobertas, permitindo que os médicos consultem as informações quando necessário.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível