Como escrever um testamento à mão

Escrito por ehow contributor | Traduzido por monica ferreira rocha lopes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como escrever um testamento à mão
Escreva um testamento à mão

Se você não possui um testamento, você está deixando ao Estado a decisão sobre a distribuição de todas as suas posses. Caso você tenha quaisquer posses ou objetos de valor sentimental que deseja que vá para indivíduos específicos, você precisa ter um testamento.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Decida para onde seus bens deverão ir. Se você tem vastas propriedades e seus desejos em relação à disposição delas são complexos, o aconselhável é ter o seu testamento escrito por um advogado. Se, por outro lado, você tem poucas propriedades e consegue escrever seus desejos de forma clara e concisa, um testamento escrito à mão pode ser o suficiente. Além disso, você ainda economiza centenas de reais. Testamentos escritos corretamente à mão, conhecidos como holográficos, são aceitos legalmente no Brasil, porém pode haver pequenas variações sobre como escrevê-lo dependendo do estado, por isso pesquise um pouco para descobrir o que é válido. Para que um testamento escrito de próprio punho seja considerado legal você deve seguir os passos a seguir.

  2. 2

    Entenda todos os requisitos. Para escrever um testamento à mão, você deve estar em perfeitas faculdades mentais. O seu médico, dentista e muitos outros que fazem parte da sua vida devem ter conhecimento da sua saúde para que não aja nenhuma preocupação, a menos que você esteja em uma posição em que suas faculdades mentais já estejam sendo questionadas.

  3. 3

    Escreva seu testamento à mão. Ele deve ser escrito do início ao fim por você. Nenhuma parte dele pode ser digitado, impresso ou escrito por outro que não você. Se apenas uma palavra estiver digitada ou escrita por outra pessoa, o testamento não terá validade legal.

  4. 4

    Verifique os requisitos do estado. O testamento deve indicar, especificamente, os nomes daqueles que serão os herdeiros. Para ser absolutamente claro, mencione os nomes completos e qual o tipo de relacionamento entre vocês.

  5. 5

    Indique o que você deseja deixar a cada um dos herdeiros. Seja bem especifico e não enrole. Se seu testamento possuir declarações confusas, os membros da família ou amigos podem contestar sua validade e isso pode acabar nos tribunais.

  6. 6

    Cubra todas as bases. Você deve declarar quem deseja como executor. O mais correto é perguntar a essa pessoa, bem antes, se ela está disposta a aceitar o cargo. Ser um executor não é uma tarefa difícil, mas certifique-se que você escolheu alguém com boa vontade.

  7. 7

    Obtenha testemunhas. Após ter concluído seu testamento, você deve ter duas pessoas para vê-lo assinar. Ambas devêm estar presentes ao mesmo tempo, escolha alguém como seu médico e sua secretária, farmacêutico, agentes imobiliários, etc. As testemunhas não precisam conhecê-lo como um amigo, mas precisam saber que você é quem diz ser. Deixe-as ver alguma identificação válida. Elas não podem ser alguém que é mencionado no testamento ou cônjuge de quem escreveu o testamento e precisam ser maiores de idade, mas verifique esta informação, já que isso pode variar dependendo do estado.

  8. 8

    Tenha seu testamento devidamente assinado. As testemunhas assinam no final da página. Elas devem escrever os nomes, assinar e colocar o número de telefone onde podem ser encontradas e a data de quando a assinatura ocorreu.

  9. 9

    Mantenha seu testamento em um lugar seguro e faça uma cópia para facilitar. Verifique as especificidades de testamentos escritos à mão em sua região. Alguns advogados dão conselhos gratuitamente, mas não muitos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível