Mais
×

Espécies ameaçadas de extinção em desertos temperados

Atualizado em 13 junho, 2017

Todos os desertos são áreas secas e áridas com vegetação escassa. No entanto, nem todos os desertos são iguais. Desertos Temperados - também chamados "desertos frios" - são encontrados em regiões relativamente moderadas (temperadas) em latitudes mais elevadas do que os desertos mais quentes. Estas altitudes mais elevadas resultam em temperaturas mais frias dentro do espectro dos desertos. A maior região de deserto de clima temperado fica na Ásia Central. Outras regiões incluem áreas menores da América do Sul, Austrália e América do Norte.

Os desertos frios podem chegar a temperaturas abaixo de zero no inverno (NA/AbleStock.com/Getty Images)

Espécies em extinção

Uma espécie ameaçada é uma planta ou animal específico que é considerado altamente vulnerável à extinção. Várias organizações e agências governamentais servem como autoridades na seleção e monitoramento de espécies ameaçadas de extinção. Muitas vezes, essas entidades trabalham em conjunto no desenvolvimento de programas voltados para o aumento das populações ameaçadas.

Numerosas espécies ameaçadas de extinção vivem em desertos temperados em todo o mundo.

Mamíferos

Uma das muitas espécies de mamíferos ameaçadas de extinção, distribuídos em desertos temperados, é o Camelo bactriano. Camelos bactrianos, ou Camelus ferus, vivem nas regiões rochosas do deserto da Ásia Central. Eles têm um pelo grosso e marrom e duas corcovas em suas costas. Estes camelos crescem mais de 2 metros de altura e pesam 800 kg. Com possivelmente menos de 1000 camelos restante no mundo, eles vivem até 50 anos em cativeiro. Esses herbívoros estão classificados na ordem Cetartiodactyla da família Camelidae.

Peixes

Numerosas espécies ameaçadas de peixes habitam regiões de desertos temperados, incluindo o Cyprinodon diaboli. Eles vivem exclusivamente na região do deserto de Amargosa na Califórnia e Nevada. Estes peixes crescem até 3 centímetros de comprimento, o macho é azul e a fêmea é marrom-amarelada. Eles têm uma vida útil de até 12 meses e estão classificados na classe Actinopterygii, ordem Cyprinodontiformes e família Cyprinodontidae.

Réptil

O Acanthodactylus spinicauda é um exemplo de réptil ameaçado de extinção de desertos temperados. Ele é originário da Argélia, com uma pequena população na América do Sul. Estes lagartos habitam principalmente áreas arenosas e rochosas. Ele produz uma ninhada de cerca de oito ovos e é classificado na classe Reptilla, ordem Squamata e família Lavertidae.

Insetos

O Anormogomphus kiritshenkoi é um dos três insetos que vivem em desertos temperados em todo o mundo, e é considerado uma espécie ameaçada pela União Internacional da Conservação da Natureza. Ele é encontrado no deserto da Ásia, na região da Turquia. O Anormogomphus kiritshenkoi é classificado na classe Insecta e família Gompidae.

Anfíbios

Uma das espécies de anfíbios ameaçada de extinção que vive nos desertos temperados é o Anaxyrus californicus. Ele pode ser encontrado nos desertos da América do Sul e dos Estados Unidos, com suas maiores populações na Califórnia. Crescendo até 8 cm de comprimento, este sapo tem uma gama de cores que vai desde oliva ao marrom. Os Anaxyrus habitam principalmente leitos arenosos, mas também podem ser encontrado em poças de água em florestas coníferas. Estes sapos são classificados na ordem Amphibia, classe Anura e família Bufonidae.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article