Especificações comuns do bujão do cárter

Escrito por kevin mclain | Traduzido por mariana de mello andré scarani
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Os bujões do cárter podem ser de vários tamanhos. Cada fabricante e modelo de veículo possui seu próprio modelo de cárter e tamanho de bujão. Há diferentes tipos e alguns possuem um selante permanente preso à traseira da cabeça do bujão, enquanto outros usam um anel tórico, ou arruela, que pode ser comum ou de pressão. A parte mais importante da instalação do bujão é garantir que ele esteja apertado corretamente, com o torque correto.

Outras pessoas estão lendo

O propósito do torque

O propósito de aplicar o torque no bujão do cárter é prendê-lo corretamente, de acordo com uma especificação em newtons-metro. O torque é criado através da força de torção ou rotacional do bujão aplicada por um torquímetro. Após aplicar o torque correto, o bujão estará seguro.

Apertar antes de aplicar o torque

Após enroscar o bujão do cárter, aperte-o até que não gire mais sem que precise fazer força excessiva. Assim, você não apenas apertará o bujão, mas também verá o assentamento da arruela ou anel tórico.

Cárteres de alumínio

Os cárteres de alumínio são mais frágeis do que os convencionais. Seu bujão pode ser comum, mas o torque será diferente. Nesse tipo de cárter, o torque do bujão costuma ser entre 27 e 33 newtons-metro.

Cárter comum

A maioria dos veículos usa um cárter comum e seu bujão precisa de um pouco mais de torque, pois o metal do cárter é mais grosso e aguenta o bujão mais apertado. Aplique um torque entre 33 e 40 newtons-metro.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível