Especificações do supercharger Eaton M90

Escrito por tony oldhand | Traduzido por mariana de mello andré scarani
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Especificações do supercharger Eaton M90
Um supercharger, aparafusado sobre um motor, aumenta a potência (car engine image by itsallgood from Fotolia.com)

A Eaton é uma grande fabricante de superchargers e fornece as especificações de sua série M90. Um supercharger é uma bomba de ar aparafusada na parte superior do motor, alimentada pelo virabrequim. Por aumentar a pressão do ar, a potência aumenta significativamente. Ao contrário do turbocompressor, não leva tempo até que ele "entre", então a potência aumenta desde a marcha lenta, ao longo de toda a faixa de rotações do motor. Ele é muito útil para aceleração a partir de zero.

Outras pessoas estão lendo

Tamanho do motor

O M90 foi feito para motores a gasolina entre três e cinco litros. Ele pode ser usado em outros motores, de acordo com os requisitos da aplicação. Ele foi feito para motores de carros de passeio e de caminhões. A Eaton diz que não faz kits para instalação posterior, então todos os seus superchargers são feitos para o mercado de peças originais. Isso significa que você não pode comprar um modelo Eaton especificamente para um veículo, a não ser que ele já venha de fábrica. A Eaton, porém, tem parceiros que vendem kits para instalação posterior.

Designação M90

Quando um motor de combustão interna puxa o ar, ele perde potência devido ao seu esforço. O supercharger, por ser uma bomba de ar, empurra ar para dentro do motor. A quantidade de ar movida pelo modelo está em seu nome. No caso do M90, ele move 90 polegadas cúbicas (1.474 cm³) de ar por rotação de sua haste. Suponha que um motor está girando a 1.000 rpm. Através de uma polia, o supercharger pode estar rodando a 1.500 rpm. Multiplicar 1.500 por 90 resulta em 135.000 polegadas cúbicas (2.212.253 cm³) de ar por minuto entrando no motor.

Uso por fabricantes

O M90 é usado como equipamento original em três tipos de veículos. Ele é usado nos carros da série Ford Super Coupe e nos motores L67 e L32 da série General Motors 3800. Os engenheiros da Ford e da GM confiam no projeto da Eaton do M90, e o incorporaram em seus projetos de motor.

Recomendações de óleo

A Eaton diz que o modelo é selado, e que o óleo interno deve durar por toda a vida do supercharger. Se precisar trocar o óleo, use uma seringa ou outra ferramenta pequena para sugar o óleo velho. Obtenha óleo Eaton direto do fabricante ou de um representante autorizado, e encha o M90. No caso do Ford Super Coupe, cabem 240 ml. No GM L67, cabem 224 ml, e no GM L32, cabem 204 ml.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível