O que esperar de um cão em tratamento contra parasitas

Escrito por susan paretts Google | Traduzido por vinicius marques
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que esperar de um cão em tratamento contra parasitas
Previna vermes no seu cão com o uso de tratamentos tópicos contra pulgas (Photos.com/PhotoObjects.net/Getty Images)

Parasitas internos, como vermes, podem causar muitos problemas de saúde em cães de qualquer idade, principalmente em filhotes. Os parasitas podem ser pegos da mãe no momento do nascimento, por meio da ingestão de ovos ou por meio de uma picada de um hospedeiro intermediário, como o mosquito. Um filhote ou adulto infectado precisa de medicamentos vermicidas para eliminar eventuais parasitas.

Outras pessoas estão lendo

Tipos de parasitas intestinais

Um cão pode estar contaminado com diferentes tipos de vermes intestinais e o medicamento utilizado pelo veterinário será determinado caso a caso. Lombrigas, tênias, trichiura, ancilóstoma e vermes do coração podem infectar o seu cão, sendo que o ancilóstoma e a lombriga podem passar pela placenta da mãe e infectar os filhotes. Esses vermes podem causar anemia, constipação intestinal, aneurismas, letargia, diarreia, vômito e até a morte. Você deve tratar o seu cão desde cedo para se livrar dos vermes que ele possa ter no organismo.

Medicamentos

Dê pamoato de pirantel para matar as lombrigas e tênias adultas. Administre esse medicamento ao cão e repita a dose após quatro semanas. O febendazol deve ser administrado contra trichiuras, lombrigas, ancilóstoma e algumas tênias; dê ao cão por três dias, repita a dose após três semanas e, novamente, depois de três meses, conforme orienta o site PetPlace.com. O praziquantel mata as tênias e pode ser usado em dose única, já no caso dos vermes do coração, a ivermectina mata os parasitas mais jovens, chamados de microfilárias. Alguns medicamentos de amplo espectro, na verdade, são uma associação de vermífugos e podem matar mais de um tipo de verme de uma só vez. Essas associações vêm em forma líquida, pós granulados ou em comprimidos mastigáveis, os quais ​​devem ser administrados ao cão por via oral, geralmente misturados na comida.

Efeitos colaterais

Depois de administrar ao cão o vermífugo, ele pode apresentar alguns efeitos indesejáveis, como por exemplo vômitos, diarreia, letargia, constipação e até perda de peso, explica o site Vetinfo. O filhotes pode apresentar ainda mais efeitos colaterais do que os adultos. Esses medicamentos paralisam os vermes, prevenindo que eles ataquem a parede intestinal e, durante o tratamento, eles serão expelidos pelo cão por meio das fezes ou até mesmo pelo vômito. Limpe todas as fezes e vômitos do quintal e da casa para prevenir que os ovos infectem novamente o cão.

Calendário de vermifugação

É preciso administrar o vermífugo ao filhote quando ele tiver 2 semanas de idade e repetir a dose com 4, 6 e 8 semanas, relata a página PetEducation.com. Quando o ele estiver com 12 semanas você pode começar a usar a combinação de um medicamento preventivo contra vermes do coração e um vermífugo contra os parasitas intestinais uma vez ao mês, pelo resto da vida do cão. Leve as fezes ao veterinário uma ou duas vezes ao mês para que sejam examinadas. Se adotar um cão mais velho, dê um vermífugo imediatamente e novamente após 2 semanas, antes de adotar uma rotina mensal de tratamento. Mantenha o ambiente de seu limpo e livre de pulgas e mosquitos para prevenir a infecção, usando para isso produtos específicos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível