Diferenças entre os esqueletos feminino e masculino

Escrito por latasha favors | Traduzido por antonio silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Diferenças entre os esqueletos feminino e masculino
Existem várias diferenças estruturais entre os esqueletos masculino e feminino (esqueletos enseñando image by juanjo tugores from Fotolia.com)

O sistema esquelético humano é a armação interna que suporta o resto do corpo e protege os órgãos vitais. Apesar de haver apenas uma arquitetura esquelética humana fundamental, existem várias diferenças estruturais entre os esqueletos masculino e feminino.

Outras pessoas estão lendo

Massa

Em geral, os esqueletos masculinos são maiores e mais pesados ​​do que os femininos. A maioria dos especialistas, no entanto, diria que a massa óssea por si só não seria uma base muito precisa para determinar se um esqueleto em particular é masculino ou feminino. Afinal, há mulheres altas e homens baixos. Para fazer uma comparação mais significativa, as diferenciações de tamanho e peso deveriam ser consideradas no contexto dos grupos raciais, por exemplo, esqueleto masculino caucasóide com esqueleto feminino caucasóide.

Membros

Outra diferença genérica entre os esqueletos masculinos e femininos pode ser observada nos membros. O úmero, a ulna e o rádio, que são os principais ossos do braço, são mais espessos e maiores em homens. As falanges, os ossos que compõem os dedos, também são maiores, motivo pelo qual a maioria dos homens possuem mãos maiores do que as mulheres. O mesmo vale para os membros inferiores, que são suportados pelo fêmur, fíbula e tíbia, normalmente maiores em homens.

Crânio

Crânios masculinos e femininos também apresentam diferenças significativas de estrutura. A protuberância pequena na parte de trás da cabeça, conhecida como protuberância occipital externa, geralmente é mais pronunciada nos homens. A mandíbula masculina é normalmente angular e quadrada na área do queixo, enquanto a feminina tende a ser mais arredondada e pontiaguda. Os ossos das sobrancelhas dos homens são muitas vezes mais proeminentes do que os das mulheres. Essas distinções nas características do crânio e da face constituem a base da diferença entre os rostos de homens e mulheres.

Pélvis

A principal diferença entre os esqueletos femininos e masculinos está na pelve, devido a outra grande distinção entre homens e mulheres: o parto. A pelve feminina é menor, mais rasa e mais larga, e a cavidade apresenta uma forma mais circular. O cóccix, que é o último osso da coluna vertebral, é mais móvel em esqueletos femininos. O sacro, um osso em forma de triângulo, também no final da coluna vertebral e ligado à pélvis, é mais largo e mais plano nas mulheres. Todas essas distinções contribuem para o processo de dar à luz, permitindo que a cabeça e os ombros da criança passem através da cavidade.

Desenvolvimento ósseo

As diferenças entre os esqueletos masculinos e femininos são em parte devido aos hormônios que afetam o desenvolvimento ósseo. A testosterona é o principal hormônio que influencia a moldagem dos ossos dos homens, enquanto o estrogênio apresenta um efeito maior sobre o desenvolvimento dos ossos das mulheres. Desde a infância, homens e mulheres possuem uma cartilagem óssea relativamente maleável, chamadas de placas epifisárias, que crescem e tornam-se firmes e sólidas quando o indivíduo completa uma certa idade. Os altos níveis de estrogênio, que ocorrem durante a puberdade feminina, interrompem o crescimento dessas cartilagens. Por volta dos 18 anos, os ossos das mulheres já estão definidos, enquanto os ossos masculinos continuam a se desenvolver até que eles completem 21 anos, permitindo que os homens ganhem mais massa óssea.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível