Como fazer um esqueleto de papel machê

Escrito por susan deily-swearingen | Traduzido por carol silveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer um esqueleto de papel machê
Esqueletos são ornamentos de decoração para diferentes festas e celebrações. (masque en papier maché image by jean claude braun from Fotolia.com)

Papel machê é uma tradição em escultura popular encontrada em muitas culturas. É uma técnica utilizada tanto por aprendizes quanto por artistas profissionais. O papel machê usa materiais comuns para criar obras de arte delicadas e atemporais. A superfície de papel da obra é tão frágil, que requer uma armadura sólida, uma moldura - que pode ser de madeira, arame, fita adesiva ou balões - para dar suporte a ela enquanto seca. Você pode usar o papel machê para criar decorações para datas festivas, como por exemplo esqueletos para comemorar o Dia das Bruxas e o Dia dos Mortos.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Dois cabides de arame
  • Alicate
  • Limpadores de cachimbo
  • Balões
  • Fita-crepe
  • Tigela para mistura
  • Colher
  • Medidores
  • Farinha
  • Água
  • Jornal
  • Tinta branca
  • Tinta preta
  • Pincéis

Lista completaMinimizar

Instruções

    Criando a armadura

  1. 1

    Use o alicate para esticar os dois cabides de arame. Crie um formato de "V" com um dos cabides. Junte-o ao outro cabide esticado pelo centro usando a fita-crepe. Use o cabide ainda esticado para fazer os braços do esqueleto. Construa as pernas usando o cabide em "V".

  2. 2

    Dobre dois limpadores de cachimbo para que eles fiquem num formato em "V". Usando fita-crepe, junte os dois limpadores pelas dobras. Corte um terceiro limpador ao meio usando uma tesoura e junte-o aos outros com a fita. Junte o modelo criado com os limpadores de cachimbo a uma ponta do cabide. Repita o processo com as outras três pontas do cabide para criar as estruturas para as mãos e os pés do esqueleto.

  3. 3

    Encha o balão até chegar ao tamanho desejado para o crânio do esqueleto. Amarre o balão e use a fita-crepe para prendê-lo ao arame reto no mesmo ponto central em que o arame em "V" está.

  4. 4

    Rasgue tiras de jornal e prenda-as em volta dos arames até chegar à grossura desejada - de 1,2cm a 2,5cm - para formar os braços e as pernas do esqueleto. Cubra-o completamente com uma camada de fita-crepe, para garantir que o jornal esteja preso com segurança no arame.

  5. 5

    Abra os limpadores de cachimbo, para que eles tenham uma posição parecida com dedos das mãos e dos pés. Repita com os limpadores de caximbo o processo de cobertura de papel e fita-crepe descrito no quarto passo.

    Papel machê e tinta

  1. 1

    Crie mais tiras de jornal. Continue cortando o jornal em tiras até que sua pilha de jornal rasgado tenha, pelo menos, o dobro do tamanho da estrutura do esqueleto.

  2. 2

    Use um medidor para medir duas xícaras e meia de farinha e três xícaras de água. Misture tudo em uma tigela. Mexa até que fique uniforme

  3. 3

    Molhe uma tira de jornal de cada vez na mistura de farinha e água e espalhe pela armadura do esqueleto. Repita este processo até que toda a estrutura esteja coberta de várias camadas.

  4. 4

    Procure um lugar quente e seco para colocar o esqueleto. Deixe que ele seque por uma noite ou até que não haja mais superfícies úmidas.

  5. 5

    Use tinta para adicionar detalhes decorativos quando seu esqueleto estiver completamente seco. Pinte uma camada base de preto para ajudar a esconder o jornal. Espere até que a camada base seque. Molhe seu pincel na tinta branca e adicione detalhes, como ossos do quadril, braços e pernas, assim como dentes e cavidades oculares.

Dicas & Advertências

  • Papel machê pode fazer muita sujeira. Se o tempo estiver bom, trabalhar ao ar livre pode ser uma boa ideia.
  • Depois de totalmente cobertos por jornal, os dedos das mãos e dos pés do esqueleto devem ter apenas 0,6cm de diâmetro.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível