Estágios do câncer de fígado em felinos

Escrito por raine chasing | Traduzido por antônio melo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Estágios do câncer de fígado em felinos
Gato doméstico (feline contemplation image by Robert Kelly from Fotolia.com)

Existem três estágios na descoberta e no tratamento do câncer de fígado em felinos. O primeiro estágio é a apresentação dos sintomas, o segundo é um diagnóstico profissional, e o terceiro é o tratamento do câncer. Ele assemelha-se às vezes a uma infecção urinária, então o diagnóstico médico é necessário para confirmar se o seu gato tem câncer ou não.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas

É fácil reconhecer uma mudança no comportamento do seu animal de estimação, mas identificar a causa dos sintomas da doença é muito mais difícil. Se o seu gato sofre de doenças do fígado, ele apresentará sintomas digestivos, que incluem perda de apetite, vômitos e diarreia, podendo resultar na perda visível do peso. Ele também pode sentir mais sede e urinar mais, pois seu corpo não está filtrando os fluidos devidamente.

Os animais, muitas vezes, apresentam sinais de depressão quando estão doentes, por isso, se o seu gato estiver muito menos brincalhão ou geralmente mais lento, isso é um bom indicador de doença.

Um dos sintomas mais especificamente relacionados com a doença de fígado é a produção de fezes cinzentas pálidas, causadas por uma falta de pigmentação, que normalmente é produzida pelo fígado. A urina de cor laranja, um outro sinal, é causada por um aumento da bilirrubina, que é produzida no fígado. A icterícia ou o amarelecimento dos olhos e da pele também é um sintoma típico da doença hepática, pois o fígado não está processando a bile corretamente.

Diagnóstico

O diagnóstico de câncer de fígado em gatos pode ser difícil, pois o fígado pode funcionar até mesmo se estiver 80% danificado. Para diagnosticá-lo, será necessário um histórico clínico completo do seu gato, bem como um exame físico. O veterinário coletará sangue para examinar as enzimas hepáticas e o hemograma. A radiografia do tórax e uma ecografia abdominal também serão feitos para ver se há um tumor e onde ele está localizado. Se um tumor for encontrado, uma biópsia será feita para descobrir o quão cancerígeno ele pode ser.

Tratamento

O câncer do fígado em felinos pode ser tratado de várias formas. Remover o tumor através de um procedimento cirúrgico é o método preferido mais comum, mas se o tumor já infectou grande parte do fígado, serão utilizados, em seguida, outros tipos de terapia de suporte. A quimioterapia é uma das formas de tratamento, dependendo do tipo do tumor, mas ela é dispendiosa e, por vezes, impraticável para animais de estimação. Muitas vezes, os veterinários prescreverão medicamentos que aliviarão os sintomas do trato digestimos e subjacentes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível