O que é a estenose foraminal bilateral?

Escrito por stephanie chandler | Traduzido por raissa oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é a estenose foraminal bilateral?
A estenose foraminal bilateral é uma doença na coluna vertebral (Photos.com/PhotoObjects.net/Getty Images)

A estenose foraminal bilateral é uma condição médica cujo sentido pode ser determinado ao se analisar palavra por palavra. Bilateral significa que ela envolve dois lados idênticos. O forame é uma abertura natural. A estenose é um estreitamento ou constrição de uma passagem ou duto. Juntando todos os termos, a estenose foraminal bilateral é o estreitamento do espaço do disco em ambos os lados da coluna vertebral.

Outras pessoas estão lendo

Descrição

A coluna vertebral é composta por 33 vértebras. Cada vértebra possui dois forames, um localizado do lado direito e outro no esquerdo. Essas aberturas são por onde os nervos atravessam o corpo. À medida que o forame torna-se constringido ou bloqueado, os nervos são comprimidos, causando dor nas costas.

Causas

O forame pode ser estreito devido a defeitos congênitos, o que significa que o problema está presente desde o nascimento. No entanto, o estado geralmente é resultado de um processo degenerativo. Isso significa que a doença se desenvolve ao longo do tempo, a um ritmo lento. Pode ser devido a uma atividade repetitiva, a um esporte de fim de semana ou mesmo a um movimento repetitivo no trabalho. Esse processo degenerativo pode levar à artrite vertebral ou presença de osteófitos, que são formações ósseas que podem se projetar para dentro do espaço forame. A hérnia de disco também pode causar a estenose foraminal bilateral. Entre cada vértebra há um disco intervertebrado feito de cartilagem. Ele age como um amortecedor e permite o movimento nas costas. O disco pode ser empurrado para dentro do espaço forame, comprimindo assim os nervos. As vértebras cervicais possuem projeções nas laterais chamadas de processo uncinado. Essa parte da vértebra pode aumentar e se projetar para dentro do forame.

Localização

A coluna é dividida em cinco regiões: a cervical são as primeiras sete vértebras localizadas no pescoço; o tórax são as próximas doze vértebras; a região lombar consiste nas cinco vértebras seguintes, que são maiores, pois suportam a maior parte do peso do corpo; o sacro possui quatro ou cinco vértebras, que estão fundidas no osso triangular; a parte inferior da coluna é conhecida como cóccix. A estenose foraminal é mais comum na parte cervical ou região do pescoço, no entanto, também pode ocorrer na região lombar inferior. Na maioria das vezes, o paciente sente dor no lado direito ou esquerdo do corpo mas, quando ambos os lados são afetados, é caracterizada a estenose foraminal bilateral.

Sintomas

Não há sinais e sintomas diretos da estenose foraminal bilateral. Os sintomas ocorrem quando o estreitamento do forame afeta os nervos. Quando um nervo é comprimido, o paciente pode sofrer de dor, formigamento, dormência ou fraqueza.

Diagnóstico ou tratamento

O diagnóstico de estenose foraminal bilateral começa com uma discussão dos antecedentes médicos e sintomas com um médico. Ele pode, então, sugerir um raio-x ou ressonância magnética para tentar capturar uma imagem do estreitamento. Existem opções de tratamento, que agem nos sintomas, e opções de cura, que tentam corrigir a causa do problema. As opções de tratamento incluem medicamentos, quiropraxia, acupuntura, massoterapia, eletroterapia e muito mais. As opções de cura incluem a descompressão ou cirurgia espinhal, conhecida como foraminotomia, que é a cirurgia para tentar ampliar o espaço do forame por onde passam os nervos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível