Esteroide estanozolol usado em cavalos

Escrito por nora zavalczki | Traduzido por ilve maria
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Esteroide estanozolol usado em cavalos
Animais magros podem receber o tratamento de estanozolol (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

O estanozolol, comercializado como Winstrol para seres humanos e Winstrol V para uso veterinário, é um esteroide anabólico, que contribui para o desenvolvimento de massa muscular, aumentando a síntese de proteínas. Ele tem efeitos positivos e negativos sobre cavalos e, devido aos inúmeros efeitos colaterais, é uma substância controlada, disponível apenas com receita médica.

Outras pessoas estão lendo

Usos do estanozolol

Os usos do estanozolol em equinos na medicina veterinária incluem a promoção de um apetite saudável e ganho de peso em cavalos com anemia e peso anormal. O componente de testosterona no estanozolol facilita o desenvolvimento muscular e permite que o animal ganhe peso rapidamente. O esteroide também fortalece e aumenta a vitalidade. O medicamento é prescrito para animais que estão se recuperando de uma cirurgia ou lesão para acelerar sua recuperação. Usos potenciais do estanozolol incluem a prevenção de aderências ou tratamento de trombose.

Formas e administração

O estanozolol vem sob a forma de comprimidos ou injeções e é normalmente usado apenas em animais de grande porte e cães. Os comprimidos são adequados para cavalos que ingerem o medicamento sem dificuldades. No entanto, se o cavalo se recusar a engoli-lo, a substância poderá ser administrada através de injeções. O médico veterinário determina a dosagem de acordo com a condição e peso do cavalo.

Efeitos negativos do estanozolol

De acordo com o site Elephant Care International, o estanozolol é menos androgênico do que outros esteroides anabólicos, como boldenona ou vebonol. Os efeitos colaterais potenciais de estanozolol incluem a retenção de água, sódio, potássio e cálcio. O medicamento deve ser utilizado apenas como uma solução a curto prazo, pois seu uso prolongado pode resultar em complicações, incluindo danos ao fígado ou mesmo insuficiência. Mudanças de comportamento indesejáveis ​​foram observadas em animais expostos à administração prolongada de estanozolol. O tratamento é geralmente prescrito para até quatro semanas.

Contraindicações

O estanozolol não deve ser administrado em animais prenhes, pois pode levar a defeitos congênitos. Esse esteroide anabólico não deve ser usado em garanhões reprodutores, pois o tratamento pode levar à oligospermia. Veterinários devem tomar cuidado ao prescrever o esteroide para animais com doenças cardíacas ou problemas nos rins. A droga pode interagir e aumentar os efeitos dos anticoagulantes. Cavalos com diabetes e em tratamento com insulina devem ser monitorados para um possível ajuste da dose de insulina durante o tratamento com estanozolol, pois a droga reduz a glicose no sangue.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível