Mais
×

Estilos de cartoon

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Cartoon é a arte de criar imagens que são humorísticas, exageradas ou irreais para revistas e jornais, animações para tv e filmes, sites e outras formas de mídia. O cartoon evoluir ao longo dos séculos desde ilustrações estáticas que adornavam cavernas e manuscritos, até imagens tridimensionais que ocupam universos animados tridimensionais. Alguns dos estilos mais comuns includem cartoons editoriais, anime, animação americana e computação gráfica.

Estilo anime de cartoon (manga styled samurai girl image by Anastasia Serdyukova from Fotolia.com)

Editorial

Cartoons editoriais são tirinhas ou ilustrações que fazer comentários politicos e sociais, principalmente críticas. O estilo tradicional de cartoon editorial é baseado primariamente no trabalho do cartunista alemão Thomas Nast, que ficou famoso desenhando para a revista americana Harper’s Weekly" durante a guerra civil americana. De acordo com a Economic Expert, todas as variações do estilo tradicional compartilham alguns elementos. Eles incluem retratar caricaturas de políticos ou símbolos políticos, fazer metáforas visuais e virem em preto e branco.

Anime

Anime é um tipo de animação japonesa que é caracterizada pelas imagens altamente estilizadas, tomadas estáticas e histórias continuas (significando que os episódios devem ser assistidos em sequência). O estilo de desenho também é conhecido por mostra violência, sexualidade e outros conteúdos explícitos. De acordo com o Anime News Network, a arte do anime é baseado primariamente no mangá, que é um estilo de quadrinhos que se tornou popular no Japão após a Segunda Guerra Mundial.

Animação americana

De acordo com o Anime News Network, a animação americana, ao contrário do anima, é mais voltada a ser fantástica e infantil, e -- no que diz respeito a programação de TV -- geralmente é apresentado com histórias independentes. Alguns cartoons americanos que caracterizam protótipos do estilo incluem o Gato Félix e Mickey Mouse. No começo do século 20, os desenhos americanos eram exibidos como curtas animados, mas depois se tornariam programas de televisão de 30 minutos e longa-metragens. Nos anos 1990 houve o crescimento de animações com temas mais adultos, com programas como "Os Simpsons", "South Park" e "Uma Família da Pesada".

Animação por computação gráfica

A computação gráfica (ou GCI) é a última onda de cartoons e foi popularizada pro filmes como "Toy Story" e "Shrek". Usando GCI, os desenhos não são feitos à mão, mas criados com computação gráfica 3D. Isso significa que a imaginação do cartunista não será limitada pelo tamanho do papel. Muitos programas usam computação gráfica para acrescentar estilo (e tempo mais rápido de render) para suas animações 2D.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article