Estilos de ritmo de guitarra de blues

Escrito por michael black | Traduzido por seiji shibukawa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Estilos de ritmo de guitarra de blues
O ritmo das guitarras de blues é uma das características definidoras do estilo (electric guitar image by Blue Moon from Fotolia.com)

Uma das características definidoras do blues é o seu distinto estilo de ritmo. Apesar de haverem diversas variações, uma boa parte das músicas de blues segue as mesmas progressões e padrões. Uma vez que você tenha dominado algumas dessas bases de blues, você estará pronto para tocar com uma grande variedade de artistas do estilo.

Outras pessoas estão lendo

12-bar blues

Quando músicos falam sobre 12-bar blues (lê-se: twelve-bar blues), estão se referindo ao ciclo repetitivo de acordes que formam um blues. Geralmente, apenas três acordes são usados em 12-bar blues: o acorde da tônica (I), o da subdominante (IV) e o da dominante (V). Em dó maior (C), esses acordes seriam C, F e G. O 12-bar blues não apenas lhe diz quais acordes tocar, como também qual a ordem que devem ser tocados. A tônica é tocada pelos quatro primeiros compassos, seguida de dois compassos da subdominante e retornando para a tônica por mais dois compassos. A dominante é, então, tocada no 9º compasso, seguida pela subdominante no 10º e pela tônica no 11º. O 12º compasso pode ser tocado usando a tônica, a dominante ou uma combinação desses acordes. Esse padrão seria, em C: C - C - C - C F - F - C - C G - F - C - C Inúmeros blues foram escritos seguindo o formato do 12-bar blues. Uma alternativa popular para o 12-bar blues é o 16-bar blues.

Blues shuffle

Uma boa parte dos blues usa uma pegada de shuffle. O shuffle é um estilo de ritmo que consiste em tocar uma semínima tercinada seguida de uma colcheia tercinada, em vez de tocar colcheias retas. Algo comum no shuffle é tocar díades com quinta (a tônica e a quinta) seguidas de díades com sexta (a tônica e a sexta). Essa sequência de dois acordes equivaleria a um compasso, podendo ser usada em todos os compassos do formato do 12-bar blues.

Linhas com walking bass

Tocar linhas com walking bass (em inglês, "baixo andante") nas guitarras de ritmo do blues é uma técnica emprestada direto do jazz. Essas linhas são, de forma simplificada, uma guitarra tocando linhas de baixo. Na maioria das vezes, a guitarra de ritmo irá jogar acordes na linha do baixo (geralmente nas batidas acentuadas). A linha do baixo sempre seguirá a progressão de acordes da música.

Uso de pausas

Guitarristas de blues costumam usar várias pausas em suas linhas. Geralmente, as guitarras de ritmo tocarão um riff, uma frase curta baseada na progressão de acordes da música e então darão uma pausa, permitindo que o vocalista ou guitarrista solo preencham a pausa com um verso ou fraseado. O riff clássico em "Bad to the Bone" é um excelente exemplo dessa técnica.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível