Estilos de telhados

Escrito por henri bauholz | Traduzido por gleice attié
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Estilos de telhados
Um frontão geralmente caracteriza-se por uma parede vertical, uma cumeeira reta e um telhado inclinado (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

O frontão refere-se à peça triangular da parede lateral que esta localizada abaixo do pico do telhado. Esta parede é sempre acompanhada por um telhado inclinado de cada lado que pende ligeiramente a uma superfície vertical. A inclinação e comprimento de cada lado são sempre iguais.

Outras pessoas estão lendo

Frontão

São construções comuns, encontradas em muitos tipos de residências, celeiros e pequenas construções periféricas. São encontrados em edifícios simples de quatro lados e nas extremidades dos designs arquitetônicos mais complexos. Uma construção retangular simples, com telhado de duas águas terá duas extremidades com frontão e dois lados com a superfície do telhado em linha reta com calha.

Tecnicamente, o frontão refere-se à seção de parede, no entanto, sua presença determina a construção do telhado. Além disso, podem ocorrer não apenas dos lados, mas também na parte frontal do edifício bem acima da entrada principal. Prédios com telhados altos de duas águas não são normalmente encontrados em locais propensos a ventos fortes.

Telhado gambrel

Muitas variações de frontões são possíveis. Uma das mais comuns é o gambrel, que pode ser encontrado em muitos celeiros e casas elegantes. Basicamente, a inclinação simples do telhado reto é substituída por um telhado angulado com duas vertentes distintas.

Nele, a parte superior do telhado há uma pequena inclinação e a parte inferior cai vertiginosamente em um ângulo agudo. Em vez de um frontão triangular, este formará um polígono de 5 pontas. Telhados gambrel são, geralmente, construídos com treliças, enquanto um telhado de duas águas pode usar vigas.

Telhados com beira

Muito parecido com o gambrel, ele apresenta duas vertentes. A principal diferença é que a parte superior tem um ângulo acentuado e a parte inferior tem ângulo baixo. Muitos celeiros de tabaco têm este tipo de telhado e esse estilo de construção é comumente encontrado em casas de um andar, em climas mais quentes onde o acúmulo de neve não é um problema.

Dutch Gable

Este estilo realmente combina frontões e telhados com taniças; isso produz um projeto híbrido que é estável no vento forte. Com este tipo de telhado, o frontão funciona como uma parede lateral pequena, localizada perto do pico, logo abaixo da linha do telhado. Uma grande taniça é construída abaixo do pequeno frontão. Um simples edifício de quatro lados com empenas holandesas contará com quatro vertentes conectadas a dois oitões localizados sob os lados da linha acima da taniça.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível