Estilos e tipos de moldura exterior de portas e janelas

Escrito por faith alessio | Traduzido por eduardo chagas
Estilos e tipos de moldura exterior de portas e janelas
Molduras exteriores de janelas podem complementar sua casa (window image by Goran Bogicevic from Fotolia.com)

Embora os estilos de molduras exteriores tenham mudado com os anos, molduras de janelas e portas ainda são usadas frequentemente para adicionar variação à frente das casas ou para combinar com outros aspectos exteriores. Ela pode ser instalada, também, para dar uma aparência histórica à casa. Com tantas combinações de tipos, materiais e estilos de molduras, faça uma lista das suas preferências de design, orçamento e necessidades e manutenção, e pesquise antes de decidir.

Moldura de madeira

A madeira, apesar de em um ponto na história ter sido a única opção de moldura exterior, tem se tornado menos popular com o preço cada vez menor de materiais sintéticos. Variedades não exóticas são mais baratas que muitos outros materiais, mas geralmente são fáceis de se trabalhar e simples de se instalar. Ela pode ser pintada de qualquer cor ou manchada para ter uma aparência natural. Certos tipos de madeira funcionam melhor como moldura exterior, assim como vários processos disponíveis para tratamentos de pressão e selar a madeira, para prevenir inchaço e apodrecimento. Ainda sim, a madeira não é invencível aos efeitos do tempo, e apodrecimento e deformações ainda podem ocorrer, tornando consertos frequentes e re-instalação necessários.

Moldura de plástico

Por sua durabilidade e baixo custo de instalação, a moldura de plástico é outro tipo popular de moldura exterior de janelas e portas. Ela é geralmente feita de poliuretano de alta densidade, mas também pode ser de PVC. O material tem muitas vantagens como moldura exterior, sendo a primária que ele não apodrece nem se deforma como a madeira. Apesar do plástico poder simular madeira de várias maneiras, alguns elementos naturais – como vários tipos de manchas naturais e o corte bruto do cedro – não podem ser duplicados no plástico. Para muitos donos de casa, a longa vida-útil e baixo custo de manutenção do plástico se sobrepõem às deficiências cosméticas.

Materiais alternativos

Vários tipos diferentes de molduras exteriores foram feitos especificamente para alta durabilidade e instalação fácil. Por exemplo, AZEK, um material celular de PVC, é a prova d'água, resistente a insetos e requer limpeza mínima. O AZEK é moldável, mitrado e roteado assim como madeira, mas não lasca e não requer manchas nem tinta. Outro material sintético, DuraBoard, pode ser moldado, cortado e pregado semelhante à madeira, mas não tem os problemas dela, como rachaduras, apodrecimento e absorção de umidade. Apesar de muitos desses novos produtos sintéticos terem custo maior que madeira ou plástico, o preço está abaixando rapidamente conforme sua disponibilidade aumenta.

Além de materiais sintéticos, as molduras exteriores podem ser de pedra, tijolo ou estuque ou do material em que a casa for construída. Apesar disso, a instalação desses materiais necessita máquinas especiais e empreiteiros treinados.

Estilos ornamentados

Como a moldura exterior ganhou popularidade nas eras Barroca e da Renascença, molduras esculpidas com linhas e padrões florais se tornaram um estilo duradouro. Molduras entalhadas com designs naturais ou até mesmo pequenas figuras e cenas ficam muito bonitas em casas com colunas ou outros estilos arquitetônicos reminiscentes do grego. A moldura exterior vitoriana, do fim dos anos 1800 e começo dos anos 1900, geralmente é muito ornamentada e embelezada. As casas no estilo da Rainha Ana geralmente têm molduras de janelas e portas ornamentadas.

Estilos modernos

Começando nos anos 1920, a arquitetura popular começou a sair do ornamental e foi em uma direção estética ideal cada vez mais minimalista. Com o avanço da engenharia e tecnologia de construção, prédios ganharam grandes espaços abertos e muito vidro e metal sem pintura. Com essas tendências arquitetônicas mais práticas, a popularidade de molduras exteriores e interiores caiu muito. Os estilos de moldura que continuaram em uso, em lugares residenciais, também se tornaram mais minimalistas. Molduras lisas e não ornamentadas substituíram as formas intrigantes da era Vitoriana. Eventualmente, os dois estilos se fundiram para criar estilos comuns em muitas casas novas hoje: de cor branca ou off-white, ao invés da madeira escura e dourado que era popular antigamente, com embelezamentos limpos e simples.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível