Valor estimado de cachimbos de sepiolite usados

Escrito por jean rabe | Traduzido por lucas schiavo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Valor estimado de cachimbos de sepiolite usados
Cachimbos de sepiolite usados são mais valiosos do que os novos (pipe image by Anthony CALVO from Fotolia.com)

Ainda que fumar em cachimbos não seja tão popular quanto já foi, colecioná-los continua um passatempo, sendo os feitos de sepiolite os mais procurados. Esse mineral possui vários apelidos, entre eles Deusa Branca e Vênus do Mar. É uma palavra alemã, que significa "espuma do mar". O sepiolite é um silicato de magnésio hidratado nas cores brancas, cinza ou creme. Os cachimbos variam de suaves e simples a elaboradas cabeças com barbas ao vento, barcos, cenas de guerra, criaturas fantásticas entre outros.

Outras pessoas estão lendo

A história dos cachimbos de sepiolite

Sepiolite é essencialmente um membro da família da pedra-sabão, geralmente minerada na Turquia, a profundidades entre 15 m a 140 m. É um mineral macio e poroso e sua história na escultura de cachimbos é discutida, de acordo com Benjamim Rapaport, em seu livro de 1979 "A Complete Guide to Collecting Antique Pipes". Rapaport afirma que há um relato aceito de que um nobre húngaro ganhou um sepiolite em 1723. Ao retornar para casa, ele deu o mineral para um escultor que o transformou em um cachimbo. Rapaport afirma que outro caso conta que um artista francês, Louis Pierre Puget, esculpiu o primeiro sepiolite em 1652. Os cachimbos se tornaram populares por causa dos fumantes ricos da Europa, na segunda metade do século 18. No meio do século 18, as fábricas empregaram centenas de escultores. Pouco tempo antes da Grande Guerra, Briar começou a dominar o mercado de cachimbos.

Usado é mais valioso

Cachimbos de sepiolite que já foram fumados são considerados mais valiosos do que aqueles que nunca foram usados, pois são mais bonitos. Um novo é branco ou creme claro, ao passo que, quando fumado, devido ao óleo do tabaco adquire uma cor entre marrom dourada e vermelho escuro, melhorando a escultura.

Encontrando o valor

Assim como em muitas antiguidades, o cachimbo vale o que alguém pagaria por ele. Eles podem ser encontrados em leilões online, por um valor de R$ 100 a R$ 3.000. É mais fácil datar peças assinadas, que tendem a valer mais. Avaliadores em lojas de antiguidades especializados em tabacaria podem estimar o valor dos cachimbos. Vários livros sobre o assunto, disponíveis em livrarias, bibliotecas e na internet, também podem ajudar a estimar o valor. No geral, quanto mais elaborada a escultura e melhor a condição e a cor, mais caro custará o cachimbo. O Livros dos Recordes lista o mais valioso cachimbo de sepiolite, no valor de R$ 100.000,00, do proprietário Cano Ozgener.

Evite imitações

Cachimbos de sepiolite originais valem bem mais do que suas imitações. Avaliadores podem determinar se um cachimbo foi esculpido a partir de um bloco de sepiolite ou se foi feito a partir de pó de sepiolite, misturado com emulsificantes e moldados. Os cachimbos pressionados não ganham cor ao serem fumados, como os originais.

Sepiolite à mostra

Cachimbos de sepiolite maiores e elaborados são considerados obras de arte e estão abertos a visitação em museus, incluindo o Smithsonianthe Museum of Fine Arts in Boston, Phoenix Masonic Museum, and the Meerschaum Museum in Eskeshir, Turquia. Eles também são mostrados em convenções de tabacarias feitas pelo mundo e em exibições de antiguidades.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível