Estimulador para crescimento de osso para curar fratura

Escrito por charlotte mission | Traduzido por gabriel medinat
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Estimulador para crescimento de osso para curar  fratura
Fraturas ósseas podem ser curadas por estimuladores de crescimento (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Se o seu osso quebrado não tiver curado após três meses ou mais, o seu médico pode recomendar a terapia de estimulação do crescimento ósseo para promover o crescimento na cura rígida (não união) ou cura lenta (união atrasada) de fraturas. Isso pode ocorrer em casos de trauma grave, porém outros riscos para ossos de cura lenta incluem idade avançada, obesidade, tabagismo, diabetes, artrite, doença renal e infecção no local da fratura.

Outras pessoas estão lendo

Tipos de estimulantes

Seu médico pode recomendar um estimulante de crescimento ósseo para ser aplicado de forma invasiva ou não invasiva. Se a cirurgia for uma opção de baixo risco para você, um dispositivo ou bateria estimulante de crescimento ósseo invasivo pode ser implantado parcial ou totalmente no local da fratura. De acordo com Aetna.com, o dispositivo totalmente implantado fornece corrente elétrica direta à fratura 24 horas por dia e requer pouca atenção diária, já que não tem efeitos colaterais conhecidos. Após a estimulação da fratura ter sido curada, a bateria e o dispositivo de crescimento ósseo podem ser removidos cirurgicamente.

Em situações em que a cirurgia apresenta riscos significativos ou se outras tentativas de curar a sua fratura falharam, o tratamento de crescimento ósseo não invasivo pode ser a melhor opção. De acordo com o site Orthofix.com, o estimulante não invasivo mais comum é composto por bobinas externas colocadas em ambos os lados da fratura e mantidos em posição por uma cinta ou braçadeira. Você usa o dispositivo para estimular a área fraturada em qualquer lugar de três a dez horas por dia, durante ao menos uma hora. Você pode usar o dispositivo confortavelmente durante as atividades diárias sobre o seu gesso, colete ortopédico ou roupas.

Estimulação via ultrassom é o tratamento não invasivo mais recente para estimular o crescimento ósseo. Este dispositivo deve ser aplicado no local da fratura de 20 ou 30 minutos por dia.

Como funcionam

De acordo com Aetna.com, todos os tipos de dispositivos para estimular o crescimento ósseo foram feitos para serem eficazes em 80 a 90% dos pacientes adequadamente selecionados. Estes tratamentos estimulam o crescimento de vasos sanguíneos no local da fratura, bem como os osteoblastos, células formadoras de osso que formam uma ponte de fibrocartilagem através do local da fratura. Ao incentivar esta fibrocartilagem a se ligar ao osso, um estimulador de crescimento ósseo reconstrói rapidamente seu osso no ponto da fratura.

Tempo de tratamento

O tipo específico de sistema de reparo ósseo usado em sua situação depende do tipo e da localização da fratura. O tempo de tratamento e cura pode variar de três a seis meses, mas raramente supera os nove meses.

Precauções

A estimulação do crescimento do osso não pode ser usada caso o intervalo entre as extremidades da sua fratura seja muito grande. Também não é recomendado caso você use um marca-passo, esteja grávida, ou seja criança, cujos esqueletos ainda estão imaturos. Se fraturou a bacia, escápula, crânio, costelas ou esterno, é menos provável que utilizem a terapia de estimulação.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível