Mais
×

Histórias de OVNI muito estranhas para serem mentiras

Contatos imediatos de estranho grau
Getty Editorial

Introdução

Sorvete de morango, música tibetana, panquecas, sexo selvagem, um cão que não era bem um cão, uma viagem a Vênus, sondas dolorosas, um misterioso mapa, um divórcio e um copo de chá quente: o que tudo isso tem em comum? Você pode se sentir muito inclinado a responder "nada". Mas estaria errado. Muito errado, na verdade. De uma forma ou de outra, todos tiveram um papel a desempenhar em algumas das mais estranhas, loucas e totalmente bizarras histórias de OVNIs de todos os tempos. Sim, às vezes encontros alienígenas não são simplesmente fantásticos e de cair o queixo. Eles são simplesmente ridículos!

ETs podem ser tarados
Getty Editorial

Aonde nenhum homem jamais foi

Se você vai ter um encontro com um alienígena, com certeza não será melhor do que o de Antônio Vilas-Boas. Em 1957, segundo Vilas-Boas, ele foi levado a bordo de um disco voador e apresentado a uma mulher do espaço que estava pronta para uma relação interespécies. Vilas-Boas não se importou: sua gata interestelar era cheia de curvas, do tipo supermodelo e já estava nua. Ainda melhor, quando ele terminou, ela nem sequer pediu para ficar de conchinha ou conversar. Em vez disso, Vilas-Boas foi deixado em casa para que pudesse ter uma boa soneca! Perfeito!

É oficial: ETs têm mau gosto
Taylor Hinton/iStock/Getty Images

Aliens amam sorvete

No final de 1980, uma série de fontes obscuras do governo dos EUA começou com histórias de visitas alienígenas à Terra e conspirações no estilo Arquivo X. Muito justo, e nada impossível, podemos dizer. Mas esses delatores realmente foram longe demais quando disseram que nossos supostos vizinhos extraterrestres gostavam de sorvete de morango e música tibetana! Não, nós realmente não estamos inventando nada. Mas talvez os que contaram as histórias estivessem. Seja qual for a verdade, estaríamos muito mais impressionados se a ideia de diversão dos alienígenas fosse um prato grande e saboroso de feijoada, um pacote de BIS e Legião Urbana.

Já chegamos?
RossellaApostoli/iStock/Getty Images

Mapeando um mistério

Em 1961, a pesquisas ufológicas mudaram quando um casal estadunidense, Betty e Barney Hill, alegou ter sido levado a bordo de um disco voador e submetido a dolorosas experiências médicas. Assim nasceu o fenômeno da abdução alienígena. Mas o caso Hill não foi apenas de loucos momentos. Os aliens mostraram a Betty um mapa de suas rotas de viagem por toda a galáxia. É isso mesmo: o tipo de coisa que você compra em um posto de gasolina numa BR qualquer quando perde a saída para a próxima rodovia. Podemos ouvir os alienígenas agora: "Vire à esquerda na próxima estrela" ou "Ei, olhudo, o mapa está de cabeça para baixo!"

Leve-me ao seu líder
Urszula Trzaskowska/iStock/Getty Images

Panqueca voadora não identificada

Os ufólogos sugerem que alienígenas poderiam estar nos visitando por muitas razões: para assumir o planeta, advertir-nos sobre nossos caminhos bélicos ou simplesmente nos eliminar. Ou talvez eles queiram compartilhar suas dicas culinárias. Hein? Em 1961, foi isso que afirmou o fazendeiro Joe Simonton, de Wisconsin, nos Estados Unidos. Quando os alienígenas desembarcaram, eles não o vaporizaram com suas armas de raios. Porém, deram-lhe um prato de saborosas panquecas! E veja só, a Força Aérea ao ouvir a história, não deixou passar. Eles realmente lançaram uma investigação completa. O Pentágono sabe algo que nós não sabemos? Será esse ET um fã da Ana Maria Braga?

Um caso alienígena
frentusha/iStock/Getty Images

Do deserto para o despejo

Muito poucas pessoas podem dizer que o encontro com um ET acabou com seu casamento. Mas isso é exatamente o que um homem chamado Truman Bethurum afirmou em seu livro "Aboard a Flying Saucer" ("A bordo de um disco voador", em tradução livre). De acordo com Bethurum, em 1952 e 1953, enquanto trabalhava no deserto de Nevada, nos EUA, ele teve uma série de encontros com uma mulher que veio das estrelas, do estilo de Pamela Anderson, chamada Aura Rhanes, a qual Bethurum descreveu como "cheia de curvas e linda". Sua esposa não ficou tão contente com a incrível Aura e pediu o divórcio. Bethurum ficou arrasado e Aura foi para casa. Infelizmente, não houve um ménage interplanetário para Truman.

Por que os aliens perturbam tanto?
Getty Editorial

Um ET colocando sonda

Se você tivesse dito aos investigadores de OVNIs há 50 anos, que meio século depois eles estariam investigando os traseiros daqueles que dizem ter encontrado alienígenas, teriam rido de você. Hoje isto não aconteceria. Bem-vindo ao estranho e, reconhecidamente, histérico mundo da sonda anal. Sim, nossos amigos extraterrestres são, aparentemente, bastante fãs da "ação por trás": numerosos "abduzidos" afirmam terem sido picados e recebido sondas em um determinado lugar onde os ETs não deveriam estar sondando e cutucando. É hora de avistadores de OVNIs chegarem ao fundo de tudo isso e pararem de perder tempo. Um pensamento: seriam os alienígenas de "Urânus"?

Cabelo do cachorro
Dragan Trifunovic/iStock/Getty Images

Perseguindo alienígenas

Maluca é uma coisa. Histericamente absurda é outra completamente diferente. Diga "olá" para Buck Nelson e seu cão de Vênus. Na década de 1950, disse o fazendeiro do Missouri, nos EUA, ele se reuniu com um grupo de venusianos que trouxe o cão, Bo, para passear. Falando que já fez viagens a Marte e ao planeta natal do alienígenas, Nelson tornou-se uma pequena celebridade quando publicou um livro sobre suas viagens ao redor do sistema solar. Nelson também fez uma boa grana com a venda de pequenos pacotes do que ele dizia ser os pelos de Bo. Mas ninguém parecia perguntar por que eles eram tão parecidos com os pelos de seu próprio cão.

Do roubo a Vênus
Digital Vision./Digital Vision/Getty Images

Rasgado!

A história de 1950 de Harold Berney e Pauline Goebel é tão louca quanto trágica. Ele era um vigarista frio à procura de dinheiro. Ela era uma alma solitária em busca de companhia. E eles se cruzaram quando Berney convenceu Goebel a doar uma quantia substancial de suas economias. O motivo: Berney alegou que precisava de dinheiro para construir uma nave espacial e voar a Vênus para sair com seus amigos alienígenas. Incrivelmente, confiando nele, Pauline lhe entregou cerca de US$ 40 mil. Felizmente, o FBI foi logo no rastro e Berney acabou na cadeia. Serve de alerta.

Gostaria de uma xícara de chá, ET?
Mykola Velychko/iStock/Getty Images

Evitando a destruição atômica

Você pode pensar que o homem responsável por ocupar, de 1973 a 1975, o posto de vice-comandante em chefe do Comando de Ataque da Força Aérea britânica, estaria livre de histórias malucas sobre OVNIs. Não é bem assim. Sir Peter Horsley foi esse homem e afirmou que conheceu em um apartamento de Londres, nada menos que um alienígena de aparência muito humana chamado sr. Janus. Com uma agradável e amigável xícara de chá, eles discutiram a ameaça das armas nucleares. Devemos ficar felizes ou lamentar que esse homem tenha sido um dos poucos que tiveram o controle dos botões vermelhos que teriam bombardeado os soviéticos?

Velhinhas, aliens e agentes secretos
Mikhail Laptev/iStock/Getty Images

Um mistério de código morse

Mildred e Maria Maier eram duas senhoras de idade que, no auge da Guerra Fria, chocaram toda a CIA. A dupla ganhou uma pequena fama em sua juventude quando passou um tempo nos palcos atuando. Mas elas andaram declarando ter interceptado sinais de alienígenas. Os agentes secretos do governo dos EUA ouviram a história e fizeram uma visita à dupla. Longe de serem intimidadas pelos Homens de Preto, Mildred e Marie começaram a entretê-los com as histórias de seus anos no teatro. Os sinais alienígenas: apenas um teste de código morse de uma estação de rádio próxima. Perturbador.