Estratégia de futebol de totó

Escrito por tommy doc | Traduzido por kauwai nobre
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Estratégia de futebol de totó
O futebol de mesa tem muitas estratégias em comum com o futebol tradicional (baby-foot image by Franco DI MEO from Fotolia.com)

O futebol de mesa, também chamado de pebolim, totó e outros nomes, é um jogo envolvendo pequenos "jogadores" de madeira ou plástico que são controlados pelo uso de barras giratórias nos dois lados mais longos da mesa. O campo é similar ao de um jogo tradicional de futebol, e muito das mesmas estratégias também se aplicam ao futebol de mesa.

Outras pessoas estão lendo

Postura

A postura de um jogador é um componente essencial para vitória. Um jogador deve angular o seus pés para dar um potencial máximo de rotação e facilitar movimentos confortáveis entre as barras ou jogadores. Se estiver jogando de duplas, os jogadores devem se posicionar para que os braços e cotovelos um do outro não atrapalhem-se.

Movimento da bola

O objetivo do futebol de mesa é levar a bola no gol do oponente mais vezes do que ele leva ao seu gol. Mover a bola estrategicamente para o gol do seu adversário usando passes de precisão e manter a posse são estratégias chave. Avançar a bola de linha a linha e abrir o seu time para chutes de qualidades no gol é o meio mais efetivo de marcar.

Estilo de chute

Dependendo do jogador que tenha a posse da bola e de como está a defesa, várias manobras de chute podem ser usadas para aumentar as oportunidades de gol. Técnicas como o chute puxado, chute empurrado, chute banco, chute do capotamento, chute spray e chute do homem parado apresentam pontos fortes e fracos nas diferentes situações do jogo. Se preparar para os tipos certos é mais efetivo do que apenas chutar cegamente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível