Estratégias de preços para a indústria de vestuário

Escrito por kelley katsanos | Traduzido por debora cristina
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Estratégias de preços para a indústria de vestuário
Estratégias de preços para a indústria de vestuário são desenvolvidas com base em um conjunto de fatores (skirts image by Robert Knight from Fotolia.com)

Estratégias de preços para a indústria de vestuário são geralmente desenvolvidas por uma combinação de fatores, como o tipo de coleção que está sendo lançada, o custo de produção e a base de clientes. Ao desenvolver uma marca, o custo de produção dos modelos e o desenvolvimento de uma estrutura de preços competitiva serão a chave para as metas de vendas. Conhecendo a base de clientes e classificando a coleção de vestuário por custo, você terá uma estratégia de preços para atingir as metas de vendas e objetivos.

Outras pessoas estão lendo

Estratégia de preços: custo de produção

O custo da produção vai em última análise ditar a estrutura de preços. Considere o custo de produção por metragem de tecido e confecção, o número mínimo de modelos por cartela de cores e onde as roupas estão sendo fabricadas. O local de produção terá um impacto significativo no custo de envio, pois em certos países os custos de fábrica são muito mais baixos, mas muito distantes para o transporte.

É importante notar que as encomendas são feitas por peça, geralmente dúzias ou unidades. Lembre-se de que quanto maior for a quantidade que está sendo produzida, mais baixo será o preço que a fábrica cobrará. Você também terá que incorporar outros fatores, como as etiquetas.

Por exemplo, se a roupa custa R$ 5 para ser produzida, a confecção custa R$ 0,50 e todas as etiquetas são R$ 0,75, o total estimado será de R$ 6,25.

Para incorporar o valor do frete, você terá que levar em conta quantas peças estão sendo produzidas e quantas estão sendo enviadas em cada caixa. Por exemplo, para calcular o custo de envio por caixa, se a caixa contém 144 peças e cada uma custa R$ 75 para enviar, divida 144 peças por R$ 75. Seu custo de envio por roupa será de R$ 0,52. O custo de atacado será R$ 6,77. Se estiver fabricando grandes quantidades, também pode dividir o custo de transporte total pela quantidade total de unidades sendo produzidas.

Custo de atacado e preço de venda

Uma vez que você tem seu custo base de atacado, será preciso converter esse custo em preço de venda. É sempre melhor incluir a margem de lucro no custo. Por exemplo, se o o custo de produção por atacado for de R$ 6,77, multiplique esse valor por 2,5. O preço de venda será de R$ 16,93. O 2,5 é uma regra geral de custos da indústria, que representa quaisquer variáveis de custos de produção inesperados e erros que podem ocorrer durante a fabricação, incluindo também a a margem de lucro. Arredonde os números para a próxima denominação terminada em zero ou cinco.

Se você for um atacadista, terá que incorporar por quanto o comprador terá que vender a mercadoria no varejo. Se o custo das vendas por atacado para o comprador for R$ 16,95, o preço da venda a varejo geralmente será de R$ 42,40. O varejista também precisa incorporar quaisquer variáveis de vendas, como remarcações pós-temporada, ofertas, descontos especiais e devoluções de mercadorias. Se estiver vendendo diretamente para um mercado-alvo, será preciso saber se a base de clientes comprará aquele item em particular pelo preço de venda visado.

Estratégia de preços: classifique a coleção de vestuário

Coleções de vestuário geralmente são classificadas por seção ou por modelo. Isso vai correlacionar diretamente com a estratégia de preços e influenciar diretamente o custo de venda final. O melhor é consultar o plano inicial de vendas e criar seções separadas, como blusas, calças e vestidos. Cada categoria será separada por faixa de preço.

Por exemplo, a linha de blusas pode ser dividida em itens de baixo e de alto custo. Itens de baixo custo são geralmente representados pelos itens de abertura das faixas de preço, e os de alto custo pelos itens da moda ou novidades. Se você for um atacadista, o comprador automaticamente vai saber que eles vão pagar mais pelos itens da moda. Ao dividir cada categoria por preço, o mercado-alvo vai saber que tipo de mercadoria e qual qualidade podem esperar dentro dessa faixa de preço em particular.

Estratégia de preços competitivos

Pesquise e estude a estrutura de preços dos concorrentes. É importante levar isso em consideração ao trabalhar com o custo de vendas. Por exemplo, se você está oferecendo camisetas como parte da coleção, saiba qual é o preço de varejo do concorrente para a categoria de camisetas. Ofereça um preço competitivo para sua base de clientes ao definir a coleção. Se o custo for elevado em relação ao concorrente, tome nota de novos elementos de design que você incorporou, como o uso de um tecido de melhor qualidade ou a adição de uma nova característica de design.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível