O estresse pode ser confundido com enjoo matinal?

Escrito por contributing writer | Traduzido por mari mieko
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O estresse pode ser confundido com enjoo matinal?
Enjoo matinal: gravidez ou estresse? (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

O enjoo matinal é uma indicação estereotipada da gravidez, mas a mulher que está sob muito estresse deve considerar outras causas possíveis para náuseas recorrentes. Apesar disso ser sempre um sinal revelador de gravidez na televisão e em outras histórias, na vida real, náuseas tem tantos outros precursores potenciais que é um preditor de gravidez pouco confiável.

Outras pessoas estão lendo

Significado

O enjoo matinal é assim chamado porque a náusea associada à gravidez tende a ser pior logo depois de acordar. Os hormônios da gravidez, geralmente, deixam a mulher mais sensível aos sabores, cheiros e outros gatilhos causadores das náuseas. Mas, na parte da manhã, depois de várias horas de sono, o estômago está vazio e especialmente sensível aos fluidos gástricos irritantes. Deve-se notar que nem todas as mulheres grávidas sofrem de enjoo matinal. Uma mulher que já esteve grávida antes, sem náuseas, deve suspeitar que seu enjoo matinal pode ser causado por outra coisa.

Função

Os sintomas físicos de estresse podem causar dores de estômago. O estresse faz com que as glândulas supra-renais produzam adrenalina e glicocorticoides. Em circunstâncias normais, esses hormônios desencadeiam a resposta de "lutar ou fugir", que é um mecanismo fisiológico positivo que salva uma pessoa de um verdadeiro perigo. Quando a atividade adrenal é rotineiramente elevada por estresse psicológico, os níveis hormonais não tem chances de voltar ao normal e podem causar uma série de doenças físicas, incluindo distúrbios gastrointestinais, como diarreia, dor de estômago e náuseas.

Efeitos

Náuseas de estresse é problema físico, não psicológico. A produção de ácido do estômago aumenta em resposta ao estresse crônico, e os processos digestivos podem realmente diminuir seu ritmo. Assim como no enjoo matinal da gravidez, a náusea de estresse pode ser pior ao despertar do que em outros momentos do dia. Assim, para uma mulher, é fácil confundir isso. No entanto, ao contrário do enjoo matinal hormonal, uma mulher não precisa esperar as náuseas relacionadas ao estresse simplesmente irem embora. Ela pode ser tratada de forma eficaz.

Prevenção/Solução

Casos graves de náusea causada por estresse podem ser tratados com medicamentos para reduzir o ácido do estômago. Medicamentos anti-ansiedade podem ser prescritos quando a ansiedade subjacente é grave. No entanto, a redução do estresse é uma parte necessária de um plano de tratamento a longo prazo. As técnicas de relaxamento, especialmente meditação, estão associadas com a redução da produção de adrenalina e glicocorticoides que causam a resposta ao estresse. Exercício, atenção aos hábitos de sono e participação na terapia da conversa às vezes também são úteis na redução dos sintomas físicos de estresse.

Considerações

Altos níveis de estresse não eliminam a possibilidade de gravidez e também podem ser um fator-chave para a gravidade do enjoo matinal em mulheres grávidas. Assim, uma mulher que experimenta náuseas de manhã deve estar atenta a outros sinais de gravidez. Atraso na menstruação, fadiga extrema, fome excessiva ou seios sensíveis ou inchados devem despertar a suspeita de gravidez, devendo a mulher realizar um teste para comprovar tal suspeita.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível