A estrutura corporal dos gafanhotos

Escrito por jeff katz | Traduzido por felipe mendonça
A estrutura corporal dos gafanhotos
Os gafanhotos são insetos pertencentes a ordem conhecida cientificamente como Orthoptera (grasshopper image by Dmitriy Kosterev from Fotolia.com)

Os gafanhotos são insetos pertencentes a ordem conhecida cientificamente como Orthoptera. Eles podem ser encontrados em todo o mundo e vivem principalmente em áreas gramadas, como campos, florestas, pradarias e bosques. Esses insetos possuem mandíbulas fortes feitas para mastigação, no entanto, são apenas herbívoros, ou seja, se alimentam somente de produtos vegetais e não de outros animais ou de outros insetos. O site Canadian Geographic estima que existam cerca de 18.000 espécies de gafanhotos espalhadas pelo mundo.

Anatomia básica

Assim como todos os insetos, os corpos dos gafanhotos são essencialmente divididos em três seções principais: a cabeça; a parte do meio, conhecida como o tórax; e a parte traseira, conhecido como o abdômen. Eles possuem três pares de patas, dois pares de asas, duas antenas, dois grandes olhos multifacetados, dois órgãos de audição e uma caixa de proteção externa bem dura, chamada de exoesqueleto.

Metamorfose

As fêmeas gafanhotos colocam seus ovos no verão. Os ovos não eclodem até a chegada da primavera seguinte, ou seja, os bebês, ou ninfas, podem se desenvolver tranquilamente dentro dos ovos durante todo o outono e o inverno. Após a eclosão, temos as ninfas, que são gafanhotos sem asas, mas com órgãos reprodutivos já subdesenvolvidos. Leva-se de 30 a 40 dias para as ninfas alcançarem a maturidade. Depois de atingir a idade adulta, a expectativa de vida dos gafanhotos é de em média 50 a 60 dias. De acordo com o site A-Z Animals, esse fato aponta que os gafanhotos passam grande parte de suas vidas dentro de seus ovos.

Cabeça

A cabeça do gafanhoto é onde o cérebro, as antenas, os olhos e as peças bucais são encontradas. As partes da boca, também chamadas de mandíbulas, possuem garras esmagadoras feitas sob medida para o ato da mastigação. Em geral, as antenas do gafanhoto, usadas para sentir e cheirar o ambiente em volta, são curtas, embora existam algumas exceções que apresentam antenas maiores. Os olhos são grandes e contêm muitas lentes hexagonais. Logo atrás da cabeça fica uma estrutura em forma de placa conhecida como o "prototórax", que se destina a proteger o tórax do inseto.

A estrutura corporal dos gafanhotos
Na cabeça dos gafanhotos são encontrados os grandes olhos, as antenas geralmente curtas, as mandíbulas de mastigação e o prototórax em forma de placa (grasshopper image by Ben Twist from Fotolia.com)

Tórax

O tórax é o lugar onde as asas e as patas do gafanhoto estão situadas. Os dois pares frontais de patas articuladas são menores do que o terceiro par traseiro, e esses dois conjuntos dianteiros são usados para a função de alimentação e para curtas caminhadas. Já as fortes patas traseiras são usadas para pular e saltar longas distâncias. Todas possuem pés chamados "tarso". O conjunto de asas mais próximo da cabeça é chamado de "tégmina", e essas asas são mais estreitas e mais grossas do que o segundo par de asas. O segundo conjunto de voo é mais leve e mais fino, porém fornecem três vezes mais força de voo do que as asas dianteiras.

A estrutura corporal dos gafanhotos
Dois conjuntos de patas curtas, um conjunto de fortes patas grandes e dois conjuntos de asas fazem parte do tórax (Grasshopper 2 image by Marko Grgin from Fotolia.com)

Abdômen

A parte traseira do gafanhoto é chamada de abdômen. Essa região abriga os sistemas reprodutivo e digestivo. O abdômen também é onde são encontrados os buracos de respiração do gafanhoto, o coração e os órgãos da audição, ou os "tímpanos" como são conhecidos. O abdômen é ligado ao último segmento do tórax, também conhecido como "metatórax".

A estrutura corporal dos gafanhotos
A parte traseira do gafanhoto é conhecida como abdômen (grasshopper image by Ana Nikoloska from Fotolia.com)

Tamanho

Quando adultos, os gafanhotos variam muito de tamanho, dependendo das espécies. O intervalo de tamanho, em geral, é de 5 a 12,5 centímetros de comprimento.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível