Estrutura e funcionamento de células bacterianas

Escrito por lysis | Traduzido por ninah coracini
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Estrutura e funcionamento de células bacterianas
Célula bacteriana (Florida State University)

Células bacterianas estão em toda a nossa volta. Elas causam doenças e são essenciais para a vida humana. Embora várias bactérias, tais como Streptococcus pneumoniae e Escherichia coli, vivam em simbiose dentro de corpos humanos, a estrutura e a função de bactérias são muito diferentes da estrutura e da função das células humanas. As bactérias metabolizam e produzem alguns dos nutrientes e íons que os humanos não podem processar, como o nitrogênio e a vitamina K. A estrutura da célula das bactérias pode ser diferente, mas elas se transformaram ao longo de eras para sobreviver às mudanças ambientais e se reproduzir.

Outras pessoas estão lendo

Procarióticas

Bactérias são células procarióticas, que são distintas das dos humanos, que são eucarióticas. A principal diferença entre esses dois tipos de células é a forma como as organelas internas, uma subunidade especializada de uma célula, são organizadas. As células procarióticas não têm organelas ligadas à membrana. Elas também não possuem núcleo que contém o DNA, e o seu DNA é uma molécula circular, em vez de cromossomos separados da célula eucariótica.

Cápsula

Um dos fatores de virulência de células bacterianas é a sua cápsula. A cápsula é feita de uma camada espessa de material polissacárido. O objetivo da cápsula é protegê-las de secar e fornecer proteção contra a fagocitose de células imunes. As cápsulas são fatores de virulência de bactérias como S. pneumoniae e Escherichia coli. Sem essa cápsula, bactérias desse tipo são avirulentas e não causam doença.

Parede da célula

Bactérias possuem paredes celulares feitas de uma camada de peptidoglicano, que faz com que a célula seja rígida e tenha uma forma. Ela também serve como uma âncora para pili e flagelos. Ela ajuda a conter as organelas e evita que a célula venha a estourar em grandes mudanças de pressão osmótica. Paredes celulares são usadas ​​pelos cientistas para distinguir e classificar as bactérias através de procedimento Gram.

Pili

Muitas bactérias possuem pili, minúsculas estruturas parecidas com cabelo, que se ramificam para fora a partir da parede celular. Essas estruturas possuem duas finalidades. Os pilis fazem parte dos fatores de virulência da bactéria. Eles se fixam ao tecido e nas células hospedeiras, oferecendo capacidade de causar infecção. Além disso, pilis especiais são usados ​​por bactérias para conjugação, um processo em que uma bactéria envia genes, tais como a resistência aos antibióticos para células bacterianas vizinhas.

Flagelos

Flagelos também são estruturas parecidas com cabelos, semelhantes aos pilis, mas são usados ​​para locomoção pela célula bacteriana. Eles ficam em uma extremidade da bactéria, em ambas as extremidades, ou às vezes em torno de toda a célula. Os flagelos ajudam as bactérias a se afastarem de produtos químicos tóxicos ou a se moverem em direção de nutrientes. Trabalham com um movimento do tipo hélice, girando, para mover as bactérias em um local.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível