Estrutura das pastas em um Blu-Ray

Escrito por ian garfield | Traduzido por daniele joi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Estrutura das pastas em um Blu-Ray
Os discos Blu-Ray são um formato de vídeos em alta qualidade amplamente populares (DVD image by vashistha pathak from Fotolia.com)

Os discos Blu-Ray usam um arquivo e uma estrutura de pastas simples e fáceis de entender. Todos os discos Blu-Ray usam estruturas de arquivos idênticas; o diretório principal é o BDMV.

Outras pessoas estão lendo

BDMV

O diretório BDMV é dividido em vários sub-diretórios. A "Playlist" (Lista de Reprodução) contém os arquivos de banco de dados para listas de reprodução de vídeo, o "Clipinf" armazena arquivos de banco de dados para clipes, o "Stream" contém arquivos de vídeo e áudio usados ​​para streaming, a "Auxdata" contém som e arquivos de fonte usados ​​em menus e o "Backup" contém dois pequenos arquivos utilizados para a reprodução.

Áudio e vídeo

As informações utilizadas para vídeo e áudio em discos Blu-Ray seguem um formato especial, chamado de fluxo de transporte BDAV MPEG-2. O vídeo e o áudio são tratados de maneiras diferentes em discos BDMV comerciais (Dicos de filmes em Blu-ray) e em discos Blu-ray graváveis ​​vendidos para o uso em computadores caseiros.

Fato curioso

Desde 2011, os discos Blu-Ray passaram a ser vistos também em 3D. A Associação de Discos Blu-Ray anunciou um novo protocolo para colocar vídeos em 3D nos discos e a Sony anunciou que eles estão fazendo novos tocadores para os Blu-Rays em 3D. Estes usam a mesma estrutura de pastas que os Blu-Rays mais antigos, mas exigem um novo tipo de tocador.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível