Como executar uma chandelle

Escrito por ehow contributor | Traduzido por ricardo guardati
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como executar uma chandelle
Execute uma chandelle

A chandelle é uma subida íngreme feita em uma aeronave. Ela é projetada para não só ganhar altitude, mas também para alterar a direção. A mudança de direção pode variar de 90 a 180 graus. O piloto não precisa tolerar uma quantidade significativa de força G para completar a manobra, pois ela foi projetada para poupar energia. Leia para saber mais.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    De acordo aos regulamentos da FAA (Federal Aviation Administration), verifique se você está a pelo menos 1.500 pés de altitude.

  2. 2

    Verifique se há tráfego acima e atrás de você. Os flaps e trens de pouso devem estar recolhidos.

  3. 3

    Ajuste a velocidade de maneira a não exceder a máxima do fabricante, lembrando que as velocidades máximas mudam conforme o peso.

  4. 4

    Escolha uma linha de referência paralela ao vento. Ao cruzar essa linha, inicie a chandelle. Rampe no vento para iniciar a subida. Tente conseguir uma rampa de 30 graus, mas não exceda esse limite.

  5. 5

    Comece a manobra de subida aplicando pressão no elevador traseiro. Se você estiver voando em um avião de hélice variável, aplique potência máxima. Com hélice de velocidade constante, coloque em decolar ou subir RPM e aumente a MP para decolagem ou subida.

  6. 6

    Quando estiver paralelo à linha de referência - na direção oposta - comece a sair de sua rampa a uma taxa constante. Mantenha um passo constante, usando o elevador traseiro pequeno conforme necessário.

  7. 7

    Levante sua asa direita, solte o aileron direito. Para os aumentos de guinada, use o leme esquerdo conforme necessário. Nivele as asas, abaixe seu nariz. Ajuste a velocidade conforme necessário para voltar à velocidade de cruzeiro. (Isso é para uma chandelle direita).

Dicas & Advertências

  • Esteja ciente do excesso de rampa porque, à medida em que a velocidade diminui, aumenta a taxa curva.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível