Exemplos de carta de apresentação para graduados em terapia ocupacional

Escrito por heather robson | Traduzido por ingrid marçal
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Exemplos de carta de apresentação para graduados em terapia ocupacional
Como ser convincente em sua carta de apresentação (Jupiterimages/Brand X Pictures/Getty Images)

Para os graduados em terapia ocupacional, encontrar um trabalho é geralmente a primeira ordem de negócios depois de concluir a graduação. Ser capaz de escrever uma carta de apresentação convincente é uma habilidade essencial. Você precisa conseguir chamar a atenção de potenciais empregadores, a fim de conseguir o emprego que deseja.

Outras pessoas estão lendo

Crie sua carta

É tentador escrever uma única carta de apresentação e usá-la sempre que preciso, mas a maioria dos empregadores reconhecem uma carta clichê quando vêem uma. É importante escrever uma nova carta para cada vaga que você se candidatar. Pode haver muita informações diferente de uma carta a para outra, mas certifique-se de incluir algo logo na introdução que seja especificamente relacionada à vaga almejada.

Por exemplo, se você está se candidatando a um cargo em um hospital que proporciona o mais alto nível de terapia ocupacional na área, você pode escrever uma introdução como a seguinte:

"Caro Sr. Silva,

O Hospital Geral tem mantido uma reputação impecável pela qualidade dos serviços prestados ao longo de décadas. Estou escrevendo hoje para expressar o meu interesse na vaga aberta para terapeuta ocupacional. Se me tornar parte da equipe do Hospital Gerak, sei que posso oferecer um serviço excelente com um padrão de atendimento sem igual na região. É por essas razões que eu estou submetendo meu currículo hoje."

Foque no positivo

Todos nós somos melhores em algumas coisas do que em outras. Normalmente um empregador em potencial tem uma lista de habilidades que gostaria de ver em um candidato. Concentre-se nas habilidades que você tem na hora de escrever sua carta de apresentação. Não se desculpe pelas habilidades que você não tem ou por sua falta de experiência - foque apenas em seus pontos fortes.

Se Hospital Geral está em busca de um terapeuta ocupacional com experiência de três anos, e o anúncio da vaga afirma que o hospital prefere um candidato com título de mestre, se você tem três anos de experiência, mas não tem o título, foque mais em sua experiência do que no título. Por exemplo:

"Nos últimos três anos eu tive a oportunidade de trabalhar com pacientes em um ambiente hospitalar como parte de meus estudos e programa de certificação. Durante o tempo em que trabalhei e estudei com terapeutas ocupacionais no Hospital Regional, recebi vários elogios pela qualidade dos cuidados que prestei aos meus pacientes."

Seja específico

É fácil cair na armadilha de escrever uma cópia genérica para as suas cartas de apresentação, mas é melhor ser mais específico sobre suas realizações - especialmente aquelas que são diretamente relevantes para a vaga que você está se candidatando. Considere a inclusão de uma seção de marcadores que detalha três ou quatro coisas específicas que você conseguiu em sua carreira. Por exemplo:

" Eu tenho ênfase no planejamento e na implementação do programa. Como parte do meu estágio eu me tornei familiarizado com o uso de equipamentos de terapia comerciais e tabelas de tratamento. * Eu sou hábil em avaliação, educação de paciente, massagem, e ambos, internação e atendimento ambulatorial."

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível