Exemplos de má comunicação empresarial

Escrito por janetb | Traduzido por paula bertolino
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Exemplos de má comunicação empresarial
Retornar ligações é parte essencial de uma boa comunicação comercial (telephone image by Vasiliy Koval from Fotolia.com)

Comunicação empresarial abrange todas as informações passadas dentro de uma empresa, bem como a comunicação entre os funcionários e os clientes, ou entre os funcionários da empresa e de outras companhias. Uma boa comunicação pode ajudar uma empresa a aumentar sua fatia do mercado e competitividade, melhorar o atendimento e a satisfação dos clientes, e manter os funcionários felizes. Má comunicação, por outro lado, pode ser destrutiva.

Comunicação escrita exagerada

Má comunicação nos negócios muitas vezes toma a forma de palavras difíceis e frases complicadas para transmitir um ponto simples. Um exemplo, que a consultora de treinamento Dianna Booher cita, é o do gerente que usou uma sentença quase incompreensível de, aproximadamente, 40 palavras, só para dizer que era o diretor de treinamento.

Falta de comunicação específica com clientes

Comunicação ruim nos negócios existe quando as empresas não têm mecanismos para lidar com ordens especiais de seus clientes. Sem diálogo entre gerência, vendas e equipes de atendimento, a respeito de como lidar com tais situações, e sem uma boa comunicação com os clientes envolvidos, a empresa provavelmente os perderá.

Transmissão de mensagens importantes por e-mail

Em 2006, a Radio Shack, empresa americana, demitiu 400 trabalhadores por e-mail, sem aviso prévio. Aqui, o modo de comunicação foi mal escolhido, já que e-mail não é apropriado para este tipo de notícia. Além disso, o aviso foi escrito de uma forma muito difícil de acompanhar.

Má comunicação por PowerPoint

Apresentações em PowerPoint são interpretadas como má comunicação devido à sua própria natureza. É tão fácil criar uma apresentação, que as pessoas acabam usando mais slides do que precisam, enchendo-os com textos, de forma que se torna difícil acompanhar, distraindo o público do que o apresentador está realmente dizendo. Além disso, dificulta as oportunidades de conversa espontânea sobre o ponto que está sendo discutido, dificultando, assim, a comunicação que deveria acontecer.

Comunicação egoísta

Uma marca registrada da má comunicação é a unilateralidade, como acontece quando as pessoas contatam seus colegas de trabalho apenas quando querem um favor de algum tipo. Quando tais pessoas não retornam telefonemas ou e-mails em outros momentos, elas reforçam a fraqueza de suas habilidades de comunicação.

Boatos e fofocas

Em um ambiente de negócios instável, é importante se certificar de que a informação sobre temas delicados, como demissões, seja comunicada diretamente e de forma clara. Permitir que rumores não-confirmados e fofocas circulem, só vai afetar de maneira negativa a motivação dos funcionários, e alguns deles podem até preferir mudar de emprego.

Comunicados feitos com raiva

Um bom exemplo desse tipo de má comunicação ocorreu em 2001 na empresa de software médico Cerner Corporation, onde o CEO enviou um e-mail "com raiva" para toda a equipe repreendendo-os por terem chegado tarde e saído mais cedo do trabalho, e ameaçou se vingar tirando deles os benefícios. O e-mail foi publicado na internet, resultando em uma enorme queda no preço das ações da empresa.

Falta de consideração e acompanhamento

Má comunicação comercial muitas vezes ocorre quando uma pessoa deixa de retornar telefonemas ou e-mails e, especialmente, quando não consegue dizer muito obrigado por favores feitos.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível