Mais
×

Exemplos da máquina simples roda e eixo

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

A roda e o eixo é um tipo de máquina simples baseada no princípio da alavanca. Ela consiste de um disco ou cilindro circular que gira em torno de um segundo cilindro mais estreito no centro. Nas combinações de roda e eixo, o eixo é considerado o braço de esforço e a roda, o braço de resistência. A junção dos dois cilindros age como um sustentáculo para a alavanca. As máquinas simples de roda e eixo são tão comuns que frequentemente passam despercebidas.

Invenções como o telefone não teriam sido possíveis sem a roda e o eixo (red rotary telephone image by Tracy Martinez from Fotolia.com)

Telefone de disco

Nos telefones antigos, os números eram discados mecanicamente ao girar um rotor em uma distância específica que correspondia a cada dígito. Ao voltar para sua posição inicial, o rotor iniciava uma série de pulsos elétricos iguais ao número discado. Esses pulsos eram transmitidos ao sistema de telefonia para inserir um número. O rotor do aparelho funciona como a roda em um sistema de roda e eixo. O eixo, um cilindro curto no centro do rotor, mantinha o rotor no lugar.

Rolo de massas

As alças em um rolo de massa são fixadas às duas extremidades do eixo do objeto. Nesse caso, a roda é o cilindro longo que acomoda o eixo. Segurando as alças das extremidades, o cozinheiro pode rolar a roda sobre a massa e outros ingredientes maleáveis para amassá-los para o cozimento.

Apontador de lápis

Nos apontadores de lápis mecânicos, a manivela funciona como um eixo no sistema de roda e eixo. Ao girar, sua base gira uma roda fixada às engrenagens e parafusos no interior do apontador. Estes raspam a madeira da superfície do lápis, deixando uma ponta cônica e afiada.

Moinhos de vento

As pás de um moinho de vento irradiam de um rotor central. Esse rotor é um sistema de roda e eixo semelhante em forma e função aos sistemas do apontador de lápis e do telefone. Quando as pás giram, a roda e o eixo giram as engrenagens e hastes para transferir a energia gerada pelo vento para outras aplicações, como geradores elétricos.

Tocadores de disco

A parte arredondada e giratória de um tocador de discos é uma roda que gira em torno de um eixo curto e capaz de produzir força. Quando um disco é colocado sobre a roda e a energia é ligada, a roda gira o disco para que a superfície dele passe por baixo de uma agulha semi-estacionária, a qual segue um sulco em espiral na superfície do disco.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article