Exercício para o esfíncter esofágico inferior

Escrito por kiley mitchell | Traduzido por josé víctor dias lourenço
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Exercício para o esfíncter esofágico inferior
DRGE pode causar desconforto abdominal. (Pretty woman's belly image by Allen Penton from Fotolia.com)

O esfíncter esofágico inferior, ou EEI, é responsável por impedir o refluxo do conteúdo do estômago, e por permitir que o alimento passe facilmente através do esôfago durante a deglutição. O esfíncter esofágico inferior ocasionalmente pode tornar-se fraco devido a uma doença digestiva crônica, chamada doença do refluxo gastroesofágico, ou DRGE. Pode ser um grande fardo por provocar azia, disfagia, dor de garganta e refluxo de ácido. Felizmente, existem métodos de prevenção, tais como exercícios do esfíncter esofágico inferior e medicamentos que ajudem na DRGE.

Outras pessoas estão lendo

Prevenção e estilo de vida

Vários fatores diferentes causam enfraquecimento do esfíncter esofágico inferior, causando a DRGE. No entanto, alguns deles são fáceis de controlar através da prevenção.

DRGE é comum em pessoas que sofrem de obesidade. Seu excesso de peso aplica pressão sobre o abdômen, empurrando o estômago. Essa pressão extra sobre esse órgão provoca um refluxo de ácido para o esôfago, levando ao enfraquecimento do esfíncter esofágico inferior. A Clínica Mayo sugere que você perca de 0,5 a 1 kg por semana se você estiver com sobrepeso, ou tente manter o seu peso se você já estiver saudável.

Você deve parar de fumar se você, atualmente, for um fumante. Segundo a Clínica Mayo, o tabagismo também pode contribuir para o enfraquecimento do esfíncter esofágico inferior. Se você é fumante, deve deixar de fumar para permitir que o seu músculo EEI se cure e ganhe força.

Tome cuidado para não comer demais ou comer alimentos que normalmente provocam DRGE. Johns Hopkins sugere que alimentos picantes, ácidos e gordos, juntamente com chocolate, balas e cafeína possam desencadear DRGE. Além disso, evite comer se for se deitar dentro de três horas.

Roupas apertadas também podem contribuir para a DRGE. Você não deve usar calças apertadas, cintos, ou outras roupas que aumentem a pressão sobre o estômago.

Exercícios de tratamento

Dependendo da gravidade da sua DRGE, pode haver exercícios para fortalecer o esfíncter esofágico inferior e, assim, aliviar os sintomas. A Clínica Mayo sugere que a terapia de relaxamento pode ser benéfica na redução dos sintomas dessa doença, aliviando a ansiedade. Você deve tentar usar técnicas, como relaxamento muscular progressivo, treinamento autógeno, meditação e imaginação conduzida para ajudar a aliviar os sintomas da DRGE. De acordo com Johns Hopkins, o relaxamento muscular progressivo é uma técnica digestiva benéfica que utiliza a respiração lenta e profunda ao mesmo tempo, relaxando e enrijecendo os principais grupos musculares do corpo. Imaginação conduzida, treinamento autógeno e meditação também podem, além disso, ajudar no alívio alguns dos sintomas da DRGE. Ao usá-las para aliviar os sintomas, você vai permitir que o seu músculo EEI se cure e ganhe força.

Além da implementação de mudanças de estilo de vida e técnicas de exercícios que controlem os sintomas, você pode querer ver o seu médico para que ele receite medicamentos que controlem sua DRGE durante o processo de cura do esfíncter esofágico inferior. A Clínica Mayo sugere, inicialmente, tratamento medicamentoso mais simples, como antiácidos, redutores da secreção de ácido, ou bloqueadores de ácido. Se esse tratamento não resolver o problema, pergunte ao seu médico sobre a prescrição de medicamentos mais potentes, como Zantac, Nexium, ou Prevacid. A cirurgia para fortalecer o músculo LES é um último recurso, e é algo que você deve discutir com ele, caso a DRGE continue piorando.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível