Exercício na prevenção contra gota

Escrito por michelle emery | Traduzido por adonis queiroz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Exercício na prevenção contra gota
Exercitar-se pode auxiliar no combate ao acúmulo de ácido úrico no corpo (Comstock/Comstock/Getty Images)

Pessoas que sofrem de gota têm agora uma maneira de prevenir a reincidência. O exercício físico tem demonstrado que auxilia no aumento da mobilidade e da circulação sanguínea, bem como no reforço das articulações e na regulagem da quantidade de ácido úrico no corpo. Dado que o ácido úrico é a causa subjacente da gota, exercitar-se para a prevenção da sua acumulação pode aliviar a dor e sofrimento.

Outras pessoas estão lendo

Gota e exercício

A gota, também conhecida como artrite gotosa, é uma inflamação nas articulações e provoca sensações extremamente dolorosas quando a parte do corpo afetada bate em algo. A gota é causada pela incapacidade do corpo de regular o ácido úrico no sangue. A massa de ácido úrico é, então, depositada em tecidos conjuntivos e articulações, causando a formação de protuberâncias rígidas. Esse acúmulo faz com que os tecidos conjuntivos tornem-se incapazes de funcionarem corretamente e causa dor extrema. Níveis de ácido úrico podem aumentar devido ao consumo de alimentos ricos em purinas, como carnes de órgãos, tipo rins e fígados. Muitas, embora não todas, pessoas que sofrem de gota tendem a ter excesso de peso, e uma maneira de aliviá-la é a perda de peso e o exercício.

A artrite gotosa pode ser evitada observando a ingestão de purina na sua dieta e controlando o que você come. A gota, muitas vezes, manifesta-se no dedão do pé, nos cotovelos e nas articulações dos dedos. Se você sofre de ataques de gota, tem sido demonstrado que o exercício pode diminuir a frequência dos ataques e até mesmo cessá-los completamente. Devido à severidade da dor em pessoas que sofrem dessa doença, pode tornar-se difícil um regime de atividades. No entanto, entre as crises ou se só sofrer de dor leve, o exercício pode aliviar seus sintomas.

Exercício frequente e contínuo pode levar à perda de peso, que por sua vez faz com que seu corpo fique mais saudável e execute de forma mais eficiente suas funções. Quem sofre de artrite gotosa, ao perder peso, vai ver uma melhora na mobilidade nas articulações e no corpo, bem como o aumento da circulação sanguínea. Quando seu corpo é saudável, muitas das dores desaparecem, e uma boa circulação de sangue pode ajudar a lubrificar as articulações. Levantamento de peso pode fortalecer os músculos e articulações e estimular a saúde óssea. O exercício aumentará sua flexibilidade e reduzirá a ocorrência de gota, ajudando seu corpo a controlar o acúmulo de ácido úrico, embora, ainda assim, ele não quebrará o ácido úrico anterior em suas articulações.

Tome precauções

Se você tiver medo que o exercício possa causar inflamação nas articulações, estudos têm mostrado que o exercício ajuda a lubrificar as articulações e tecidos conjuntivos. É, porém, importante saber qual é o melhor exercício para a gota e outras formas de artrite, e consultar o seu médico quando tentar um novo treinamento. Além disso, o exercício deve ser feito enquanto você não estiver sendo afetado pela inflamação e dor. A maioria dos exercícios de alongamento, fortalecimento, resistência e amplitude de movimento são ótimos para pessoas que sofrem de gota e trazem grandes benefícios à saúde. Apenas comece-o para a prevenção da gota quando não estiver passando por um ataque, espere até que sua inflamação diminua e você esteja sentindo-se melhor.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível