Saúde

Exercicios para dores na região coccígea

Escrito por carol ann | Traduzido por sergio mosquim junior
Exercicios para dores na região coccígea

Coccidinia é a dor na porção inferior da coluna

Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images

A dor no cóccix, também conhecida coccidinia, pode ser causada por qualquer coisa que afete a região. O cóccix é um osso triangular muito pequeno constituído por quatro ossos que nunca se desenvolveram completamente. Está localizado no final do sacro da coluna vertebral. As dores coccígeas geralmente se propagam para a região inferior do sacro e do períneo e podem aparecer de forma aguda ou crônica. A coccidinia aguda costuma ocorrer após uma queda sobre o cóccix. A forma crônica, por sua vez, é causada por vários fatores, como problemas de formação do cóccix, espículas ósseas na região, distensão muscular, nervos pinçados ou danificados, deslocamento do cóccix ou dano nos ligamentos sacrococcígeos originados por uma gravidez difícil, atividade intensa ou postura incorreta. Embora o tratamento médico da coccidinia ajude a aliviar os sintomas, o fortalecimento das fraquezas estruturais do corpo através de exercícios e alongamentos pélvicos leves diários ajudará a prevenir o surgimento do problema.

Exercícios de mula bandha

O Mula Bandha é o "fecho da raiz" nas práticas de yoga, que é uma técnica energética que envolve a contração do períneo, região do assoalho pélvico entre o ânus e a genitália. Contraia estes músculos como se estivesse tentando evitar ir ao banheiro. Segure por dez segundos e repita este processo de três a quatro vezes. O objetivo deste exercício é estimular os nervos das regiões sacral e coccígea enquanto tonifica e fortalece a região pélvica. Este exercício também alivia dores no sacro e no cóccix.

Alongamento do gato e da vaca

O objetivo deste exercício e aquecer e alongar os músculos das costas e pescoço, estimular os nervos espinhais, alinhar as vértebras, promover a circulação sanguínea e aliviar dores no pescoço e costas. Coloque-se em pronação (rosto virado para baixo) na posição de "mesa", com as mãos diretamente embaixo dos ombros e os joelhos diretamente embaixo do quadril. Curve suas costas para cima (gato) e, então, para baixo com a cabeça levantada (vaca). Enquanto estiver fazendo a posição do gato, expire; na da vaca, inspire. Faça este exercício por um minuto. Se a posição das mãos provocar dores nos pulsos, feche-as e apoie os punhos no chão para aliviar a dor.

Posição de yoga da criança

Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images

Este exercício tem o objetivo de tonificar os músculos da pelve, estimular a circulação sanguínea nos órgãos da região pélvica, alongar os tornozelos, as juntas do joelho e as costas. De joelhos, sente sobre os calcanhares e abaixe o peito até o chão. Os braços devem ficar ao lado do corpo com a palma das mãos viradas para cima. A cabeça deve ficar descansando sob o chão. Sinta a respiração passando pelo seu corpo esticado e afundando em sua testa. Inspire e expire profundamente. Segure esta posição por 1 minuto. Para alongar também toda a coluna e a parte superior do corpo, estique os braços por cima de sua cabeça com as palmas viradas para baixo.

A posição da ponte

Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images

A posição da ponte tem o propósito de massagear os músculos e órgãos abdominais e estimular a circulação sanguínea através da coluna e cóccix. Isto deixa a coluna mais suave, elástica e revitalizada. Os órgãos pélvicos ficam mais saudáveis e as pernas e glúteos mais tonificados. Deitado de barriga para cima, deixe os joelhos dobrados e as solas dos pés em contato com o chão, separadas pela distância dos quadris. Os braços devem ficar ao lado do corpo com as palmas das mãos em pronação. Levante o tronco primeiramente pelo quadril. Articule as vértebras, uma por vez, enquanto levanta todo o tronco e o quadril. Continue fazendo isto enquanto força seus calcanhares contra o chão. Foque a visão em seu umbigo e segure esta posição por um minuto. Respire profundamente enquanto segura a posição da ponte.

Torção espinhal

A torção espinhal tem o objetivo de relaxar a parte inferior da coluna e estimular a circulação sanguínea nos órgãos internos e na coluna. Deite de costas, traga o joelho esquerdo até o peito e estique a perna direita no chão. Abaixe o joelho esquerdo, passando-o por cima da perna direita. Para se alongar mais, pressione o joelho esquerdo para baixo com sua mão direita e olhe por cima do seu ombro esquerdo. Mantenha os ombros em contato com o chão e segure a posição por um minuto.

Postura da cobra

Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images

A postura da cobra abre o peito e mantém as costas mais relaxadas e saudáveis enquanto regenera os músculos do tronco e alivia as dores na lombar. Deitado com o rosto virado para baixo, coloque os cotovelos no chão, embaixo dos ombros e com as mãos para frente. Erga o peito enquanto estica os cotovelos e deixa os braços retos. Mantenha o quadril em contato com o solo. Continue com o alongamento até chegar no final da coluna. Comprima as escápulas uma contra a outra e contraia os glúteos. Olhe para cima (entre as sobrancelhas) e respire profundamente enquanto segura a posição por um minuto. Se você não possuir flexibilidade o suficiente para poder esticar os braços, levante o máximo que conseguir com os cotovelos dobrados mesmo.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media