Exercícios para pacientes que sofreram AVC

Escrito por lee morgan | Traduzido por michelle neris
Exercícios para pacientes que sofreram AVC

AVCs são a principal causa de incapacidade em adultos nos Estados Unidos, de acordo com a Associação Nacional de Acidentes Vasculares Cerebrais.

Comstock Images/Comstock/Getty Images

AVCs são a principal causa de invalidez em adultos nos Estados Unidos, de acordo com a Associação Nacional de Acidentes Vasculares Cerebrais. A recuperação de pacientes que sobreviveram a um AVC é diferente em cada caso, porém uma terapia que se apresenta muito eficaz quase sem exceção é a prática de exercícios, que faz bem para a saúde geral e minimiza outros impactos na vida causados pelo AVC.

Outras pessoas estão lendo

Esteira

Comstock Images/Comstock/Getty Images

A saúde e a mobilidade tornam-se melhores em sobreviventes de um AVC quando se exercitam regularmente na esteira, segundo pesquisadores do Johns Hopkins Medicine. Após um AVC, o cérebro do paciente ainda retém a habilidade de reaprender movimentos e funcionalidades. Ao praticar esse exercício, mesmo anos depois do AVC, os pacientes têm sua capacidade de andar melhorada. Em estudo liderado por Johns Hopkins, pacientes que sofreram um AVC nos últimos seis meses iniciaram uma terapia com esteira, o que resultou em melhora significativa da velocidade ao caminhar e das atividades cerebrais relacionadas à caminhadas e à boa forma física. A atividade cardiovascular também reduz as chances de futuros AVCs. A terapia da esteira na pesquisa era realizada geralmente três vezes por semana por até 40 minutos, dependendo da habilidade.

Exercícios na água

Comstock Images/Comstock/Getty Images

De acordo com a Associação Nacional de Acidentes Vasculares Cerebrais, nadar é o melhor exercício para sobreviventes de um AVC. Para aqueles que não conseguem andar normalmente em terra firme, a redução do peso na água associada à opção de andar segurando as bordas da piscina permite que pacientes aprimorem sua capacidade de andar enquanto submergem parcialmente na água. Neste caso não há impacto significativo nas articulações e isso ajuda a melhorar o equilíbrio. Com o apoio da água em volta dos pacientes, eles são capazes de fazer alongamentos que considerariam impossíveis realizar em terra.

Perda de peso

Comstock Images/Comstock/Getty Images

Sobreviventes de acidente vascular cerebral frequentemente possuem problemas com perda da densidade dos ossos e de massa muscular, especialmente no lado afetado pelo AVC. Levantar pesos pequenos de 2 a 5 quilos regularmente ajudarão a aumentar a massa muscular e o fortalecimento dos ossos.

Tai Chi Chuan

Comstock Images/Comstock/Getty Images

Aulas de artes marciais são comuns em academias por todo o país e apresentam melhoras no equilíbrio, tônus muscular, raciocínio e consciência corporal em vítimas de AVC e outros "grupos de risco", de acordo com a Associação Nacional de Acidentes Vasculares Cerebrais. Tai Chi Chuan se tornou popular nos Estados Unidos como saída para manter a forma. A arte usa vários movimentos, quase como passos de dança, e pode ser feito por pessoas de todas as idades. Também é recomendado para aliviar o stress.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2015 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media