Exercícios para perna no kung fu

Escrito por jake wayne | Traduzido por ricardo guardati
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Exercícios para perna no kung fu
Um condicionamento físico rigoroso permite aos praticantes de kung fu executarem seus movimentos icônicos (Jupiterimages/Brand X Pictures/Getty Images)

Muitos ocidentais pensam sobre o kung fu como uma forma de autodefesa. Eles estão corretos, mas não completamente. O kung fu, de acordo com as lendas mais aceitas de sua origem, foi desenvolvido a partir de uma série de exercícios semelhante ao ioga. Hoje em dia, os praticantes de kung fu usam técnicas de treinamento modernas e tradicionais a fim de desenvolver seus atributos físicos para a autodefesa, tanto para proteção pessoal quanto melhoria da saúde.

Outras pessoas estão lendo

Posturas de condicionamento

As posições de luta de kung fu são projetadas para permitir mobilidade e equilíbrio. No entanto, suas posturas também ensinam condicionamento e posições baixas que são estranhas, destinadas a dar flexibilidade, força e resistência nas pernas. De muitas maneiras, essas posturas são semelhantes às do ioga, de onde dizem que o kung fu deriva. Alguns exemplos de posturas incluem a posição do cavalo, a postura de guindaste e a postura de baixa torção.

Tai Chi e Qigong

Tai chi e Qigong são artes marciais internas, descendentes do kung fu que se concentram quase que exclusivamente sobre saúde e desenvolvimento de atributos físicos e emocionais. Um típico tai chi passa longos períodos em movimento através de posições baixas ou de equilíbrio sobre uma perna. Por essa razão, muitos professores de kung fu ensinam seus alunos em tai chi ou em outras formas de prática de kung fu que têm a lentidão metódica do tai chi, ou passam o treinamento de qigong para tornar as pernas resistentes.

Treinamento cardiovascular

Os praticantes de kung fu correm em trilhas ou sobem colinas desde que essa arte marcial é praticada. As lendas das artes marciais dizem que os estudantes escalavam montanhas enquanto carregavam pedras ou árvores, exemplos semelhantes do "núcleo duro" de treinamento. Hoje, os estudantes de kung fu ainda usam o treinamento cardiovascular para desenvolver sua resistência e os músculos de suas pernas. No entanto, é mais provável vê-los em uma esteira ou pulando corda do que correndo nos arredores de uma montanha.

Condicionamento de ataque

Esse é um tipo diferente de treino para perna: destina-se a desenvolver resistência e poder de ataque nas pernas em vez de reforçá-la ou torná-la mais flexível. A teoria é simples: se chutar algo duro o suficiente com sua canela, mas não tão duro, você desenvolve cicatrizes microscópicas nos ossos. Quando estas curarem, os ossos ficam mais grossos e fortes, assim, as fibras musculares curam as lágrimas microscópicas para levantar pesos. Estudantes tradicionais de kung fu usariam árvores, tábuas, pedras e telhas para essa finalidade. Os praticantes modernos devem tentar isso apenas com a supervisão de um professor qualificado de kung fu.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível