Exercícios para se restabelecer a flexão no dedo indicador

Escrito por vanessa newman | Traduzido por débora faggioni
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Exercícios para se restabelecer a flexão no dedo indicador
Melhore a flexão de seu dedo indicador com exercícios passivos e ativos (fingers walking image by VisualEyez from Fotolia.com)

Seu dedo indicador ou anelar podem perder a amplitude de movimento em razão de lesões, fraturas do braço, choque de nervos ou uso excessivo das mãos e dedos. A capacidade de dobrar ou flexionar as partes do corpo é chamada de flexão. Quando ocorre uma lesão na mão, a flexão dos dedos poderá ser danificada. As vezes, o dedo deverá permanecer estendido ou imobilizado até que o inchaço diminua ou a articulação fique curada. Consulte seu médico antes de fazer quaisquer exercícios com seu dedo a fim de restabelecer a sua flexão.

Outras pessoas estão lendo

Amplitude do movimento passivo

Para melhorar a flexão do seu dedo com movimentos de amplitude passiva, use a outra mão, inicialmente, para mover o dedo indicador. Movimento passivo é uma forma mais segura de começar do que exercícios ativos. Use os dedos de sua mão não afetada para dobrar o dedo indicador comprometido no meio da articulação, de modo que a ponta do dedo flexione em direção à palma da mão. Mantenha essa posição por 5 a 10 segundos. Faça isso vagarosamente e com cuidado de 5 a 10 vezes. Se outra pessoa estiver ajudando, faça-a segurar o pulso de sua mão afetada, pressionando suavemente os dedos em direção à palma da mão para realizar uma flexão assistida do dedo.

Exercícios para se restabelecer a flexão no dedo indicador
Se você tem uma lesão nos dedos, a flexão pode ser dolorosa (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Amplitude do movimento ativo

Dobre, gentilmente, o dedo indicador da mão afetada em direção à palma da mão. Mantenha a posição por cinco segundos e então, lentamente, volte a posição inicial. Repita várias vezes. Use sua mão não afetada para aplicar uma maior resistência à mão e aos dedos afetados. Abaixe a palma da mão afetada e dobre, com cuidado, todos os dedos em sua direção. Pressione a palma da mão nos dedos dobrados na palma da mão lesionada. Coloque-os sob as pontas dos dedos da mão afetada de modo que o dedo lesado toque o dedo mindinho do outro lado. Puxe, com cuidado, o dedo indicador lesionado junto com os outros dedos, usando a mão não afetada, durante 5 a 10 segundos. Repita por várias vezes.

Aperte um objeto

Calce uma meia de algodão em sua mão afetada. Dobre o dedo indicador afetado, junto com os outros dedos, em direção à palma da mão, apertando suavemente a meia por 10 a 15 segundos e depois relaxe os dedos. Com o seu dedo mais fortalecido, substitua a meia por uma pequena bola que caiba na palma de sua mão, como por exemplo uma bola anti stress ou uma de tênis. Aperte suavemente a bola com os dedos flexionados durante 10 a 15 segundos. Relaxe e abra a mão. Repita por várias vezes.

Use ferramentas para exercitar

Utilize massa de vidraceiro, bandagens de resistência e luvas para flexão dos dedos, usando-os como ferramentas para executar a flexão do dedo. O movimento continua o mesmo, contudo a massa de vidraceiro é um material flexível, oferecendo uma boa resistência aos exercícios. Use uma bandagem de resistência enrolada no dedo indicador afetado. Segure a bandagem com sua mão não afetada. Flexione e estenda o dedo lesionado contra a faixa de resistência. Luvas de flexão dos dedos mantêm todos os dedos em flexão enquanto usadas. Essas luvas podem ser usadas apenas quando você suportar longos exercícios de flexão com seus dedos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível