Exercícios para saxofone tenor

Escrito por david michael lord | Traduzido por mariana silva gray
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Exercícios para saxofone tenor
A prática é essencial para se dominar um instrumento musical (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

A prática é essencial para se aprender um instrumento musical. Ainda mais importante do que a prática em si é que ela seja regrada e estruturada usando exercícios relevantes. Uma rotina que usa exercícios que se constroem é o melhor regime de prática que um músico pode ter.

Outras pessoas estão lendo

Tons longos

Um aquecimento é normalmente uma boa forma de começar um sessão de prática de saxofone. Um aquecimento deliberado e vagoroso, também conhecido como, embocadura, é bom para o treino. Nós chamamos isso de tons longos. Comece na nota mais baixa, Bb e assopre o mais baixo que puder sem perder a qualidade do tom. Segure a note o quanto puder ou comece com 12 batidas em 90-100 batidas por minuto. Trabalhe subindos cromaticamente por duas oitavas. Esse exercício trabalha o controle da respiração, resistência do diafragma, tom e som e treinamento do ouvido.

Escalas

Após se aquecer é sempre importante trabalhar suas escalas. Elas são os blocos de construção da música e precisam de trabalho constante. É essencial estar familiarizado com as escalas maiores. Novamente, comece com a nota mais grave, Bb e trabalhe a escala em duas oitavas, usando um metronomo. Se você se enroscar em um nota, pare e comece de novo. Vá mais devagar até que consiga tocá-la corretamente sem cometer erros. Vá se movendo para cima cromaticamente.

Círculos de quintas

O estudo de progressão é um outro exercício memorizado que libera a técnica. Usando o círculo de quinta, toque arpejos uma oitava em aproximadamente 120 BPM usando notas semiquaver. Por exemplo, começo no aperjo de C maior, depois em G maior, depois em D maior e assim por diante, até voltar para C. Aumente o tempo e faça-o novamente. Para alunos avançados, abaixe a terceira parte de cada arpejo em meio tom e crie um arpejo menor. Repita o exercício usando a terceira bemol. Adicionalmente você pode usar a quinta bemol e até adicionar uma sétima maior ou menor ao exercício, continuando com os círculos de quintas.

Técnica

Por último, use livros de técnicas que possuem exercícios para leitura. Sempre use um metronomo para garantir que esteja tocando no tempo certo. Não se permita cometer erros sem diminuir a velocidade do exercício e realizá-lo corretamente. Não pratique coisas simples para você; trabalhe aquelas que são difíceis.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível