Existe tratamento para o atrofiamento da próstata?

Escrito por alexis writing | Traduzido por mariana dsp
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A atrofia da próstata, condição que faz com que o indivíduo não consiga ter ou manter a ereção, é um problema sério entre os mais idosos. Estudos demonstram que a atrofia da próstata pode, em muitos casos, ser causada por uma outra condição, como o câncer de próstata. Por vezes, a atrofia é observada em homens que fizeram tratamentos com botox para a hiperplasia prostática benigna, ou aumento da próstata. Apesar de a atrofia ser debilitante, determinar a causa por trás desse problema pode ajudar os médicos a aliviar os sintomas.

Outras pessoas estão lendo

Carcinoma

O câncer de próstata, conhecido como carcinoma prostático, é um problema de saúde que vem afetando milhões de homens nos Estados Unidos. De acordo com os estudos, a atrofia na próstata com inflamação crônica pode ser relacionada ao câncer de próstata. Outros estudos negam essa alegação. Algumas terapias para câncer podem realmente diminuir a próstata e, eventualmente, causar a atrofia. Não está claro se a inflamação e atrofia estão relacionadas ao câncer. Por vezes, quando o tratamento é encerrado, a próstata que antes mostrava sinais de atrofia fica saudável.

Injeções de botox

Estudos científicos mostram que injeções de botox na próstata, para tratar a hiperplasia prostática, podem resultar em uma atrofia. Quando injetou-se botox em ratos de laboratórios (da mesma forma que injeta-se em humanos que sofram da HPB), muitos deles tiveram atrofia da próstata em um grau mais forte do que o do grupo de controle. Um possível caminho para aqueles que tenham atrofia é determinar se os remédios ou tratamentos usados para tratar outros problemas da próstata podem ter resultado nessa atrofia. Conforme alguns estudos demonstraram, a atrofia de próstata pode ser o resultado de tratamentos cujo foco é melhorar a saúde dela.

Outras condições

Os médicos que tratarem daqueles com atrofia na próstata procurarão a causa dessa condição, pois a atrofia não acontece sozinha. Existem muitos tratamentos que eles podem buscar, além do tratamento do câncer e da terapia da HPB. Por exemplo, a formação de cistos na próstata pode causar a atrofia. Por vezes, os médicos aspiram os cistos para tentar resolver o problema. Outros pacientes podem ter hiperplasia pós-atrófica, que causa um inchaço no tamanho da próstata após o tratamento da atrofia. Isso pode ser tratado com uma terapia de privação do andrógeno e radioterapia. Apesar de as causas para a atrofia poderem variar, o trabalho dos médicos será no sentido de encontrar a condição por trás da doença e, resolvendo-a, tentar fazer com que a próstata volte ao normal.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível