Expectativa de vida com a doença de Crohn

Escrito por constance barker | Traduzido por samuel silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Expectativa de vida com a doença de Crohn
Não existe cura para a doença de Crohn, mas existem tratamentos que podem ajudar você a lidar com ela e até mesmo trazer a remissão (medical stethoscope image by amlet from Fotolia.com)

A doença de Crohn é uma doença inflamatória intestinal em que o aparelho digestivo fica inflamado, causando dor de estômago e diarreia. A doença pode se espalhar profundamente nos tecidos infectados, causando imensa dor, e até mesmo ser fatal. Não existe cura para a doença de Crohn, mas existem tratamentos que podem ajudar você a lidar com ela e até mesmo trazer a remissão.

Sintomas

A diarreia é o sintoma mais comum da doença de Crohn. As pessoas com doença de Crohn podem ter 12 ou mais evacuações por dia, interrompendo o trabalho e o sono. As cólicas e a dor abdominal são causadas pela inflamação e o espessamento do intestino que caracterizam essa doença. Também pode haver sangue nas fezes devido ao sangramento de um intestino inflamado. A fadiga, as alterações do apetite e a perda de peso também podem acompanhar a doença. Algumas pessoas não experimentam nenhum sintoma por um período de tempo mas, depois de um tempo, eles acabam voltando.

Diagnóstico

Seu médico provavelmente pedirá um exame de sangue primeiro para verificar se existe infecção e anemia. Normalmente, ele realizará uma colonoscopia, assim como coletará amostras de tecido e olhará o interior do cólon para verificar anormalidades. As tomografias computadorizadas são raios-X gerados por computador que fornecem mais detalhes do que os raios X regulares. Essa verificação pode voltar-se para o tecido fora do intestino, onde outros testes não alcançam. Quando o diagnóstico é confirmado, a maioria das pessoas pode esperar ter a doença a vida inteira, e sua expectativa de vida é muito reduzida pela doença. No entanto, com medicamentos adequados e dieta, muitas vezes a doença pode ser controlada.

Tratamento

Como não existe cura para a doença de Crohn, as terapias com drogas e às vezes a cirurgia são necessários. A maioria das drogas utilizadas no tratamento da doença de Crohn são fármacos anti-inflamatórios, tais como a sulfassalazina. Esse fármaco tem sido utilizado há muitos anos no tratamento da doença, mas como todos os fármacos que têm efeitos colaterais, incluem náusea, vômitos e dores de cabeça. Você não deve tomar esse medicamento se for alérgico a sulfa. Os corticosteroides ajudam a reduzir a inflamação no corpo, mas também têm efeitos colaterais, incluindo o inchaço facial, insônia, hiperatividade e suores noturnos. Os corticosteroides são apenas indicados para o uso a curto prazo. Os antibióticos podem ser prescritos também, já que ajudam a reduzir as bactérias nocivas no cólon que desencadeiam os sintomas da doença de Crohn. As drogas que suprimem o sistema imunológico também podem ser prescritas. Quando outros tratamentos falham, a cirurgia é uma opção. Durante a cirurgia para a doença de Crohn, o cirurgião retira a porção danificada do cólon ou do tecido da cicatriz.

Remédios caseiros

Mudar a sua dieta pode ajudar na redução dos sintomas da doença de Crohn. Limite o uso de produtos lácteos ou utilize um suplemento dietético para ajudar a digerir esses produtos. Evitar alimentos ricos em gordura ou alimentos que produzem excesso de gases, como feijão, brócolis e repolho, pode ajudar. Algumas pessoas acham que uma dieta rica em fibras ajuda a diminuir os sintomas. Beber muito líquido reabastece o corpo quando ocorre diarreia. Comer pequenas refeições também ajuda o cólon a digerir alimentos mais facilmente.

Suporte

A doença de Crohn pode ter um impacto emocional sobre você, assim como uma agressão física. Verifique a existência de grupos grupos de apoio em sua área que possam ajudá-lo e fornecer informações sobre a doença. Encontrar outras pessoas que estejam passando os mesmos problemas emocionais e físicos pode ser reconfortante.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível