A expectativa de vida média dos sapos

Escrito por theresa bartolo | Traduzido por lucas de barros
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A expectativa de vida média dos sapos
Os sapos são carnívoros e comem insetos ou invertebrados (PhotoObjects.net/PhotoObjects.net/Getty Images)

Os sapos são classificados na ordem Anura. Ela inclui todos os sapos e rãs. Em 1995 existiam mais de 3.500 espécies de Anura no planeta. Os sapos são anfíbios de sangue frio que vivem parte de suas vidas na água e parte em terra. Todas as espécies passam pelo mesmo ciclo de vida, mas na natureza as selvagens enfrentam mais dificuldade para sobreviver do que as domesticadas. É por isso que sua expectativa de vida média é diferente.

Outras pessoas estão lendo

Criação

Algumas espécies de rã acasalam na primavera. A maioria delas vive longe da água ao longo do ano. Os machos encontram corpos d'água e, em seguida, enviam chamadas de acasalamento para atrair as fêmeas durante a época de reprodução. O sapo macho envolve seu corpo em torno da cintura da fêmea. Enquanto ela põe os ovos eles os fertiliza na água.

Ciclos de vida

De três a sete dias após terem sido colocados os ovos eclodem. Então, os girinos entram na água. Após 12 semanas, eles absorvem as caudas e desenvolvem pernas e braços. Esse é o momento quando eles podem sair da água. Depois disso, os sapos continuam a crescer até se tornarem adultos. Aos quatro ou cinco anos de idade eles atingem o seu potencial máximo de crescimento.

Hibernação

Os sapos costumam hibernar em climas frios no início do outono e durante o inverno. Eles o fazem na lama no fundo de lagoas, lagos e pântanos. Eles também hibernam abaixo do nível da geada no chão. Quando o tempo esquenta os sapos saem da hibernação prontos para acasalar.

Expectativa de vida

O tempo de vida de diferentes espécies de sapos pode ser de dois a 40 anos. Para espécies domésticas é comum de dez a 15 anos. Já as selvagens têm uma média de vida de quatro a dez anos. Na natureza eles não vivem tanto tempo por causa de predadores, do esgotamento de fontes de alimento e do clima.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível