on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Experiências com plantas para a matéria de biologia do ensino médio

Atualizado em 23 março, 2017

A botânica no ensino médio pode ser complexa, mas não precisa ser monótona. Permitir que os alunos façam experiências com plantas acrescenta um elemento prático na aprendizagem e pode trazer princípios científicos e propriedades de vida para os alunos. Atividades práticas ajudam a manter os alunos envolvidos e motivados para aprender e, na biologia, pode ajudar os alunos a aplicarem os conceitos no mundo real e prepará-los para o sucesso em aplicar ciências na faculdade e além.

Os experimentos com plantas fornecem percepções sobre o mundo natural (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

Efeitos da radiação ultravioleta nas plantas

Os alunos do ensino médio podem aprender sobre os efeitos da radiação ultravioleta em plantas com um simples exercício de classificação e observação. Trabalhando em duplas, instrua-os a germinarem sementes de crescimento rápido, como mostarda-castanha e vagem, por três dias. No quarto dia, os alunos devem transferir as sementes para vasos com solo. Diga a eles para classificarem as plantas em três grupos de oito: um grupo de controle e dois grupos experimentais. Cada grupo de plantas deve conter quatro de cada tipo de planta. O grupo de controle não será exposto à radiação ultravioleta. O primeiro grupo experimental será exposto à radiação duas horas por dia. O segundo grupo experimental será coberto por um aquário de vidro ao ser exposto à radiação ultravioleta por duas horas por dia. Os alunos devem comparar as diferenças de crescimento entre os grupos de três plantas no fim de um período de tempo definido.

Loading...

Efeitos da eletricidade no crescimento das plantas

Os alunos podem aprender sobre os efeitos da eletricidade nas plantas ao comparar o crescimento das plantas cultivadas naturalmente e aquelas expostas à eletricidade. Eles devem plantar dois grupos de plantas; um será exposto à eletricidade e outro não. Nas plantas que estão recebendo energia elétrica, devem ser colocadas duas barras de cobre em lados opostos do vaso. Todos os dias, pelas próximas três semanas, os alunos adicionarão a mesma quantidade de água nos vasos de cada grupo, garantindo que todas tenham acesso igual à luz solar. Diga aos alunos para conectarem a bateria nas barras de cobre usando clipes de crocodilo por cinco minutos por dia durante três semanas. Os alunos devem medir e registrar a altura das plantas a cada semana. Após três semanas, eles devem comparar o crescimento das plantas em cada grupo.

Efeitos do nitrato no crescimento das plantas

O nitrato é um ingrediente fertilizante comum e os alunos que estudam seus efeitos no crescimento das plantas normalmente têm uma compreensão mais ampla de como os processos biológicos são estimulados. Instrua-os a colocarem três sementes de feijão-mungo germinadas em cada um dos seis vasos idênticos com solo. Rotule os seis vasos com as letras de A a F. Rotule seis provetas com as mesmas letras. Na primeira proveta, coloque apenas água. Adicione progressivamente mais fertilizante de nitrato em cada proveta, até 0,5 grama. Use a proveta com a letra correspondente para regar o vaso todos os dias durante dez dias, após os quais os estudantes devem medir e observar as diferenças em cada planta.

Plantas companheiras

Os alunos podem aprender sobre os padrões de crescimento da planta em ambientes limitados de nutrientes ao estudar a densidade da planta. Peça aos alunos para preencherem cinco vasos com solo, marcando cada um com uma letra, de A a E. Plante três sementes de tomate no vaso A; três sementes de cebola no vaso B; três de milho no vaso C; três sementes de cebola e três de tomate no vaso D; três sementes de milho e três de tomate no vaso E. Depois de dez dias, eles devem medir a altura das plantas e comparar as diferenças. Peça que expliquem como plantar as espécies juntas e separadamente reflete na altura.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...