on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Experiências com ponteiro laser

Atualizado em 17 abril, 2017

Os ponteiros de laser se tornaram tão banais que é fácil de se esquecer como, na verdade, eles são maravilhas da tecnologia. Se você tem um laser desses em casa, você pode fazer algumas experiências simples, mas impressionantes. Brinque com ponteiros laser para divertir e ensinar as crianças, ou simplesmente para reviver a sua curiosidade científica.

Coloque sua câmera no modo de longa exposição e tire fotos impressionantes do seu laser (lasser rojo image by nuryudijes from Fotolia.com)

Veja o laser

Crie um pouco de névoa para tornar o laser visível. Como os lasers são feitos de luz coerente, o feixe viajará em linha reta, sem se espalhar ou dispersar. Ao contrário do que acontece nos filmes, os lasers na vida real só podem ser vistos quando alguma superfície está refletindo eles.

Para tornar o feixe de laser visível, você pode usar uma máquina de fumaça, como as são usadas em festas. Gelo seco jogado em água quente também criará uma névoa assustadora, deixando o ambiente com cara de laboratório de cientista louco, mas lembre que você só deve usar ele em áreas bem ventiladas. Para uma opção que não exija muita tecnologia ou dinheiro, você pode bater dois apagadores de quadro de giz que estejam muito empoeirados.

Loading...
Enquanto a luz bate nas partículas que formam a névoa, você poderá enxergar o feixe de laser (laser battle image by Yali Shi from Fotolia.com)

Laser espelhado

Alinhe dois espelhos em paralelo, de frente um para o outro, e aponte o laser ligado entre eles. Se o ângulo de incidência for ajustado com cuidado, você irá "prender" o feixe entre os dois espelhos, fazendo com que ele bata e volte de um para o outro em um padrão de zigue-zague complexo. (O ângulo de incidência é o ângulo em que o feixe de laser toca a superfície do espelho. Você pode usar um transferidor para medir ele e garantir que ele tenha valor igual ao do ângulo de reflexão).

Dividindo o laser

Aponte o feixe do laser para um slide de microscópio que esteja arrumado em um ângulo de 45º em relação ao feixe. Quando o laser entra em contato com uma superfície transparente mas reflexiva, parte do feixe atravessará ela, mas outra parte será refletida. Repita essa experiência e faça diversos arranjos de espelhos e slides para criar caminhos complexos para que o feixe possa seguir.

Difração do laser

Crie vários desenhos, apontando o laser para uma parede branca através de uma malha fina ou de um pena de passarinho. O feixe de laser pode ser descrito como um arranjo de ondes quase que perfeitamente sincronizadas, e quando você usa uma malha fina para separá-lo, você está interferindo nessa sincronia. Como resultado, as ondas reforçarão ou neutralizarão umas às outras, criando desenhos geométricos fascinantes.

Precauções

Reduza a possibilidade de danos ao olhos usando um ponteiro de laser vermelho com uma potência de saída menor que 1 mW (ou seja, 1 miliwat, que significa um centésimo de milésimo da potência de uma lâmpada comum).

Em projetos escolares, evite usar ponteiros de laser verde de alta frequência. Eles oferecem maior visibilidade, mas custam mais caro e podem causar danos oculares quase que instantaneamente, a não ser que você esteja usando um óculos de segurança adequado.

Evita apontar o feixe de laser na direção dos olhos (danger image by Wolszczak from Fotolia.com)
Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...