Experimentos: Dormir antes das provas e melhores notas

Escrito por lee wash | Traduzido por bruno souza
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Experimentos: Dormir antes das provas e melhores notas
Deixe de lado os seus livros e vá dormir, isso pode ser o que você precisa para se sair bem no teste (Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images)

Todos aqueles que foram estudantes um dia já fizeram vários testes para provar o que haviam aprendido. Se você é como a maioria, às vezes gostaria de ter se saído melhor em um exame. De acordo com uma pesquisa científica, dormir antes de uma prova pode lhe ajudar a obter uma pontuação melhor. Então esqueça a ideia de estudar durante a noite toda e, ao invés disso, tire uma boa noite de sono.

Outras pessoas estão lendo

Redução de falsas memórias

Falsas memórias são definidas como a lembrança de eventos que não ocorreram. Estudar para um teste sem dormir devidamente antes do exame pode aumentar essas falsas memórias. Em uma pesquisa realizada por um psicólogo da Universidade de Michigan, estudos e testes foram feitos para determinar os efeitos do sono e de sua ausência antes da realização de um teste. O estudo envolveu participantes que deveriam lembrar de palavras que foram dadas a eles várias horas antes do teste. A pesquisa concluiu que os participantes que dormiam antes de fazer a prova de memorização tinham menos falsas memórias do que aqueles que não conseguiram dormir antes do teste. As falsas memórias neste estudo significam que alguns dos participantes se lembrara de palavras que não faziam parte do experimento.

Melhores notas em determinadas matérias

Seu padrão de sono também pode afetar a forma como você pontua em determinadas matérias. Em um artigo publicado no Science Daily, investigadores realizaram diversas medições do sono e descobriram que cada uma delas produziu resultados diferentes. O experimento foi conduzido em adolescentes entre 14 e 18 anos de idade, revelando que certos comportamentos relacionados ao sono estão relacionadas a pontuação maiores em matérias específicas. Os alunos que acordaram algumas vezes durante a noite pontuaram mais em inglês, e os estudantes que tiveram um sono tranquilo e por um longo período pontuaram mais em matemática.

Melhor performance acadêmica

Ter uma boa noite de sono é importante permanecer alerta e focado durante todo o dia. Dormir o suficiente também é essencial quando se trata de exames e desempenho acadêmico em geral. De acordo com a Academia Americana de Medicina do Sono (AAMS), para obter os melhores resultados em testes, estudar e dormir o suficiente são vitais. Um experimento conduzido pela AAMS revelou que os estudantes que dormiam seis horas ou menos por noite durante duas semanas se saíram tão mal como alguém que não dormiu por 48 horas.

Dicas e avisos

Alguns dos efeitos adversos causados pelo sono insuficiente, como observado pela AAMS, incluem mau desempenho escolar, hiperatividade diurna e uma média de notas inferior entre os estudantes universitários. Algumas dicas para melhorar os resultados dos testes envolvem desligar a TV enquanto estudar ou simplesmente não utilizar aparelhos como computador, televisão ou telefone pelo menos 30 minutos antes de deitar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível