Mais
×

Experimentos de química orgânica para alunos do Ensino Médio

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Química orgânica é o estudo das moléculas e compostos químicos que contêm carbono. Esses compostos e moléculas são complexos e diversos, e formam a base da vida de todos os organismos. Ao estudar os compostos fundamentais para a vida, os alunos aprendem mais sobre os organismos vivos e o que afeta o crescimento e desenvolvimento das espécies.

Química orgânica envolve o estudo de produtos e compostos que são a base da vida (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Modelos moleculares

Moléculas e compostos no universo da química orgânica interagem entre si de acordo com sua composição química. Estudantes do Ensino Médio podem montar modelos de moléculas simples com bolsas de isopor e palitos de dente. Moléculas mais complexas podem ser feitas com alguns itens domésticos comuns, como limpadores de cachimbos, pedaços de madeira pequenos, linha e jujuba coloridas. Quando os alunos montam esses modelos, eles aprendem sobre a estrutura dos compostos orgânicos e como sua estrutura atômica afeta a forma que ele reage.

Pontos de ebulição

Compostos estudados em química orgânica têm pontos de fusão variantes. Esses pontos são previsíveis, um aspecto imutável do elemento químico. O mesmo composto sempre vai derreter na mesma temperatura. Entretanto, se o composto for misturado com outros elementos, o ponto de fusão vai mudar. Como exemplo de experimento, os alunos podem pegar uma pequena quantidade de alumínio e derreter esse elemento em um fogão a gás. Os estudantes devem, então, pegar uma mesma quantidade de uma liga de alumínio, que é uma mistura de alumínio e outros metais similares como magnésio. Quando os alunos derreterem esse segundo composto, ele vai atingir o estado líquido em uma temperatura diferente do alumínio puro. Estudando pontos de fusão, e como eles mudam de acordo com a estrutura química do composto, estudantes do Ensino Médio aprendem a identificar compostos e a dizer se eles estão puros ou contaminados.

Ácidos e bases

Ácidos e bases reagem entre sim. Alguns reagem violentamente quando são misturados, como vinagre e bicarbonato de sódio. Os resultados são baseados na estrutura atômica. Além disso, a presença de ácidos e bases determina a medida do pH. Compostos muito ácidos ou muito básicos são mais danosos à vida do que os elementos com pH neutro. Ao estudar ácidos, bases e níveis de pH, os alunos aprendem sobre as condições ambientais que são beneficiais ou danosas à vida orgânica. Um experimento químico que demonstra esse princípio envolve 3 lagartas Pyralidae, ou bichos-da-farinha, em 3 placas de Petri. Na primeira placa, os estudantes devem adicionar uma solução de pH neutro como a água. Na segunda placa, devem adicionar uma solução bastante ácida, como vinagre. Na terceira placa, devem adicionar devem adicionar uma solução bastante básica como sabão líquido. Em algumas horas, é possível observar que as lagartas se desenvolvem ou perecem com base na composição química e no nível de pH do seu ambiente.

Removendo solventes contaminantes

Semelhante ao ponto de fusão, compostos diferentes evaporarão a diferentes temperaturas. Se uma solução se contaminar com um composto não desejado, um dos métodos para a remoção deste composto, sem prejudicar a solução original, é aumentar a temperatura até que o solvente indesejado evapore. Essa experiência ensina aos alunos uma abordagem valiosa para purificar a água de poluição por hidrocarbonetos e identificar os contaminantes contidos em um líquido.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article