Experimentos em sala de aula envolvendo cargas elétricas

Escrito por tim hesse | Traduzido por allan magalhães
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Experimentos em sala de aula envolvendo cargas elétricas
Ensine aos estudantes sobre as cargas elétricas usando experimentos como "Eletricidade azeda" (lemon image by Aleksei Volkhonsky from Fotolia.com)

De acordo com o United States Educational Resources Information Center, os estudantes de ciências são beneficiados quando os professores explicam conceitos abstratos, como carga elétrica, usando experiências práticas. Além de ilustrar os princípios científicos de uma maneia que as crianças possam entender, os experimentos aumentam o nível de interesse na sala de aula por envolver os estudantes e encorajá-los a participar do próprio aprendizado. Demonstre as propriedades das cargas elétricas usando experimentos como "Eletricidade azeda", "Prego eletromagnético", "Bateria humana" e "Diversão com balões".

Outras pessoas estão lendo

Eletricidade azeda

O experimento "Eletricidade azeda" demonstra a propriedade condutiva dos limões. Para esse experimento serão necessários alguns limões maduros, uma lâmpada pequena, fio de cobre isolado padrão AWG 18 (1,024 mm de diâmetro), um microamperímetro de corrente contínua e clipes de papel. Aperte um limão para que seja liberado suco dentro dele. Perfure o limão em lados opostos com clipes de papel esticados. Corte dois pedaços de fio de cobre com 15 cm cada e desencape as extremidades. Introduza as pontas dos dois pedaços de fio nos furos do limão. Use garras jacaré para conectar os cabos aos terminais do microamperímetro e observe a agulha se movimentar, mostrando a passagem de corrente através do limão. Se não for mostrada nenhuma corrente, repita o experimento usando um limão mais suculento. Remova as garras dos terminais do microamperímetro e conecte elas nos lados opostos da base metálica da lâmpada pequena e observe-a acender. Divida a classe em pequenos grupos para convidá-los a repetir o experimento por conta própria.

Prego eletromagnético

Nesse experimento, será necessário um prego de ferro grande, duas pilhas grandes (tamanho D), fio de telefone, fita adesiva e uma caixa de clipes de papel. Enrole o fio no prego, dando 20 voltas nele. Alinhe as duas pilhas colocando o terminal negativo de uma sobre o terminal positivo da outra e enrole-as com a fita adesiva. Desencape as duas pontas do fio que foi enrolado no prego. Com a fita adesiva, pregue uma ponta na extremidade positiva de uma pilha e a outra ponta na extremidade negativa da outra pilha. Passe o prego sobre os clipes de papel e observe eles se moverem em direção ao prego, que se tornou um eletroímã. Deixe cada um dos estudantes brincar com o eletroímã e os clipes de papel.

Bateria humana

O experimento "Bateria humana" demonstra as propriedades condutoras do corpo humano. Neste experimento, será necessário um microamperímetro de corrente contínua, duas garras jacaré, uma placa de alumínio de 15 cm², uma placa de cobre de 15 cm², fita adesiva dupla face e duas placas de madeira com 30 cm². Fixe uma placa de metal em cada placa de madeira usando a fita adesiva dupla face. Use a garras jacaré para conectar a placa de cobre a um terminal do microamperímetro e a placa de alumínio ao outro. Explique aos estudantes que o microamperímetro mede o fluxo de eletricidade. Coloque uma mão em cada terminal e observe a agulha dele se mover ao detectar uma corrente fluindo através do corpo, de uma placa de metal para a outra. Molhe as suas mãos com água salgada e toque nas placas mais uma vez para demonstrar como algumas substâncias conduzem eletricidade mais facilmente que outras. Dê a cada estudante a chance de experimentar.

Diversão com balões

Use esse experimento clássico com balões para demonstrar a eletricidade estática. Divida a classe em pares e dê a cada par um balão inflado. Instrua os estudantes a esfregar os balões nas roupas e segurá-lo contra a parede, observando como balão irá se prender. Explique que esfregar o balão carrega a superfície dele com uma carga extra de elétrons, fazendo com que ele seja atraído pela parede, carregada positivamente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível