Explicando para crianças o ciclo de vida de uma abelha

Escrito por lonnie mcgowan | Traduzido por marcelo couto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Explicando para crianças o ciclo de vida de uma abelha
As abelhas-europeias possuem um papel importante na natureza (Comstock/Comstock/Getty Images)

As abelhas-europeias (Apis mellifera) existem no planeta há milhões de anos. Elas são extremamente importantes para o ser humano e são responsáveis por ajudar a criar quase um terço do suprimento mundial de alimentos. Essas abelhas coletam o pólen e néctar das flores e plantas, espalhando-os conforme voam de flor em flor. Esse procedimento é conhecido como "polinização". Elas utilizam o pólen como alimento e o néctar para fabricar mel. O mel é o único produto produzido por insetos que é comido por humanos.

Outras pessoas estão lendo

Ovos

Cada colmeia tem uma abelha rainha. Ela é a única abelha que pode pôr ovos, e cada um desses ovos macios e brancos é colocado em uma célula diferente do favo de mel. A rainha pode viver de três a cinco anos e coloca cerca de dois mil ovos por dia. Assim que o ovo é posto, a larva no seu interior começa a crescer. Os ovos fertilizados se tornarão operárias e os não fertilizados serão zangões.

Larva

A larva continua a crescer dentro do ovo. Após três dias, o ovo eclode e a larva rasteja para fora. As abelhas operárias alimentam-na com geleia real pelos dois dias seguintes. Essa geleia é uma substância leitosa criada pelas operárias através de uma combinação de pólen e mel ou néctar com uma substância química especial, retirada da glândula que elas possuem na cabeça. As larvas que se tornarão operárias (fêmeas) ou zangões (machos) são alimentadas com o "pão de abelha", uma mistura de pólen, saliva de abelha e néctar. Elas mudam de pele quatro ou cinco vezes durante seu crescimento. Em cerca de nove dias, elas não poderão mais se alimentar e se transformarão num casulo, similar à natureza de uma lagarta.

Pupa

O casulo é selado dentro da célula por uma abelha operária. Enquanto está dentro, a larva se desenvolve em uma pupa, na qual crescerão os olhos, patas e asas. Assim que a abelha está completamente desenvolvida, ela mastiga seu caminho para fora da célula e emerge como um adulto. As rainhas estão completamente desenvolvidas após 16 dias, as operárias levam de 18 a 22 dias, e os zangões precisam de 24 dias para atingir a maturidade.

Adultos

As abelhas-europeias adultas possuem funções diferentes e de acordo com o seu tipo. As abelhas rainhas são colocadoras de ovos. Uma nova nasce para substituir uma que esteja para morrer, que não é mais eficaz ou simplesmente para começar uma nova colmeia. Os zangões são as abelhas macho cuja única função é fertilizar as rainhas de colmeias próximas e, assim que elas acasalam, o macho morre. As operárias são as abelhas fêmeas que não são capazes de colocar ovos e, como seu nome mesmo diz, fazem todo o trabalho da colmeia. Assim que uma operária sai da célula, passa os dois primeiros dias limpando células e deixando-as preparadas para o próximo ovo. Depois disso, as operárias alimentam as larvas e outras abelhas, constroem e reparam a colmeia e a protegem contra intrusos. Finalmente, 21 dias após emergirem como adultas, elas deixam o lar para coletar pólen e néctar. Vivem durante seis meses no verão (trabalham até a morte) mas, durante o inverno, podem viver de quatro a nove meses.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível