Como explicar a estrutura do DNA para alunos de 7ª série?

Escrito por john kibilko | Traduzido por ricardo torres iupi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como explicar a estrutura do DNA para alunos de 7ª série?
Você poderá precisar estudar por conta própria para conseguir explicar a estrutura do DNA para as crianças. (DNA 2 image by chrisharvey from Fotolia.com)

Antes de explicar a estrutura do DNA (ácido desoxirribonucleico) para os alunos da 7ª série, os adultos podem precisar de um curso de reciclagem. Dependendo da sua idade, você talvez nem tenha aprendido sobre DNA na escola. O enorme aumento do uso dos testes de DNA na área criminal e os constantes testes de paternidade na TV incorporaram o termo ao jargão popular. Explicar a estrutura do DNA para as crianças pode precisar de um pouco de pesquisa e criatividade, porém esses alunos da sétima série podem te surpreender. Os currículos nos dias de hoje exigem um conhecimento bastante sofisticado de ciência, portanto não seja muito condescendente na sua abordagem.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Ilustração da dupla hélice do DNA
  • Ilustração de degraus ou bases hélicas

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Reveja alguns pré-requisitos de biologia antes de pular para a explicação da estrutura do DNA. Entenda que os alunos que você está ensinando não são todos estudantes nota dez. Você deve se certificar de que eles estão familiarizados com conceitos como a estrutura da célula, os processos, a divisão e a reprodução celular. É melhor entediar algumas crianças que já sabem sobre células do que se arriscar a perder os outros com uma explicação prematura de DNA.

  2. 2

    Discuta sobre genes, cromossomos e hereditariedade e explique que o DNA é a substância que contém o nosso código genético. Certifique-se de explicar que os genes são seções de DNA que fornecem instruções específicas para as células. Esta revisão e preparação vai estabelecer uma base para a explicação real da estrutura do DNA.

  3. 3

    Explique a estrutura do DNA. Apesar de querer usar o termo "dupla hélice" para explicar a aparência do DNA, use uma linguagem alternativa como, por exemplo, "se assemelha a uma escada torcida ou em espiral" - palavras que os jovens estudantes vão facilmente compreender e visualizar. Explique que as duas "espirais" da dupla hélice são chamadas de "estrutura açúcar-fosfato" do DNA.

  4. 4

    Use imagens para fazer a analogia com uma "escada". Utilize a imagem da escada explicando que os degraus representam moléculas emparelhadas chamadas de "bases".

  5. 5

    Use outra figura para detalhar a importância e a composição dos degraus. Explique que cada degrau é constituído por duas bases emparelhadas, sendo que existem quatro delas, que são responsáveis pelo alfabeto ou código do DNA - A, T, C e G (adenina, timina, citosina e guanina). Diga aos alunos que cada fita de DNA pode ser composto de milhões de degraus.

  6. 6

    Ressalte que os degraus (ou pares de bases) sempre combinam de uma certa maneira: A com T e C com G (AT, GC). Quando a célula "lê" o código do DNA, apenas uma vertente do código é utilizada. As cordas de letras, ou bases, criam "palavras" com três letras de comprimento e essas palavras formam frases. Estas frases são referidas como genes. Uma fita de DNA pode conter vários genes.

  7. 7

    Retorne a discussão para as questões dos genes e hereditariedade. Além disso, explique o porquê das pessoas serem como são, dizendo aos alunos que a ordem e combinação dos degraus diz o que cada célula irá fazer e determina traços comuns em pessoas e outras coisas - cor de cabelo, altura e outras características.

Dicas & Advertências

  • Mantenha os estudantes interessados através de informações interessantes como, por exemplo, o fato de que os seres humanos compartilham 99,9% do mesmo DNA; isto é, apenas 0,1% do nosso código conta para as nossas diferenças individuais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível