Faça um avião de papel aerodinâmico perfeito

Escrito por michael o. smathers | Traduzido por ronaldo moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Faça um avião de papel aerodinâmico perfeito
Aviões de papel são excelentes demonstrações de aerodinâmica (Ryan McVay/Photodisc/Getty Images)

Você pode pensar que fazer aviões de papel é um passatempo para as crianças, mas esses exercícios em origami aéreo são excelentes para entender física, ilustrando os conceitos de aerodinâmica. Na verdade, existem concursos realizados para determinar modelos de avião de papel que podem voar mais distante ou mais rápido. Para um avião de papel voar em primeiro lugar ele tem que ter um perfil baixo e asas que o suportem enquanto ele viaja através do ar. O conhecido modelo básico triangular voa, mas há outros modelos que voam mais longe. Para fazer um avião que voe mais distante, você precisa de um corpo menor e asas maiores.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Papel de 20 por 28 centímetros
  • Lápis
  • Régua

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Meça 5 centímetros em cada canto superior do papel e faça marcas na borda superior.

  2. 2

    Faça marcas de 0,25 centímetros nos cantos opostos da parte inferior do papel.

  3. 3

    Ligue esses pontos com uma linha. Você deve ter uma linha descendo na diagonal de cada lado do papel em uma imagem de espelho.

  4. 4

    Amasse o papel firmemente ao longo das linhas que você acabou de fazer.

  5. 5

    Dobre a borda superior para baixo em 3,5 centímetros e faça um vinco apertado. Repita isso oito vezes; o objetivo deste grupo de dobras é concentrar a distribuição de peso para a frente e inclinar o nariz para baixo, contrariando a elevação que geram as asas. Sem distribuição de peso no nariz, o avião vai continuar a levantar e eventualmente parar porque falta pressão para gerar a elevação.

  6. 6

    Vire o avião e dobre-o ao meio verticalmente.

  7. 7

    Dobre as asas ligeiramente anguladas para cima em direção à parte traseira do avião. A fuselagem deve medir aproximadamente 3,5 centímetros na ponta da frente da asa e 2,5 centímetros na borda traseira.

  8. 8

    Lance o avião com um movimento suave horizontal e observe como ele voa. Ele deve voar em linha reta e descer gradualmente. Curve as asas para cima nas bordas traseiras para compensar o mergulho e curve-as para baixo para compensar a subida excessiva.

Dicas & Advertências

  • Você pode dobrar uma aba vertical na extremidade de cada asa para fornecer estabilização horizontal da mesma maneira que faz a cauda de um avião real.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível