Faça uma imobilização em um fêmur fraturado

Escrito por ehow contributor | Traduzido por marina bentti mourad
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Faça uma imobilização em um fêmur fraturado
Faça uma imobilização em um fêmur fraturado

Colocar uma tala em uma fratura do fémur (o grande osso na parte superior da perna) é um procedimento de duas fases. Esta é a primeira delas.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Avalie uma fratura.

  2. 2

    Imobilize a lesão: qualquer movimento não é somente muito doloroso, mas pode agravar a situação.

  3. 3

    Aplique a tração: tenha um segundo socorrista puxando suavemente o calcanhar para endireitar a perna. Mantenha a tração durante todo o processo de imobilização.

  4. 4

    Encontre um material rígido e que seja longo o suficiente para se estender da virilha até abaixo do joelho. Uma alternativa é cortar uma esteira de dormir do comprimento correto e, em seguida, dobrá-la para aumentar a rigidez.

  5. 5

    Consiga materiais para amarrar a tala no lugar, como por exemplo: tiras de embalagens, cordas, roupas, cintos, bandanas, ataduras triangulares.

  6. 6

    Certifique-se que a perna esteja reta.

  7. 7

    Coloque o material da tala ao longo da parte inferior da perna (coxa) para que ele se estenda da da virilha até abaixo da parte inferior do joelho.

  8. 8

    Dobre o material da tala em torno dos lados da perna.

  9. 9

    Amarre o material de imobilização no local acima e abaixo da fratura. Certifique-se o joelho esteja imobilizado.

  10. 10

    Coloque preenchimento em todos os espaços vazios entre a tala e a perna.

  11. 11

    Verifique a circulação, sensação e movimento além do local da fratura para garantir que a tala não esteja muito apertada.

  12. 12

    Coloque a perna em uma tala de tração.

Dicas & Advertências

  • Você também pode usar varas de barraca de acampamento, varas de trekking, piolets ou tecido de imobilização. Só não se esqueça de colocar bastante preenchimento entre a tala e a perna.
  • Espasmos musculares tendem a puxar contra a tração que o segundo socorrista está aplicando. Sem tração, estes espasmos arrancam o osso quebrado em angulação, causando extrema dor e risco de hemorragia. Assim, mantenha a tração durante todo o tempo.
  • Fraturas de fêmur são frequentemente associados a sangramento intenso. Manter a tração pode reduzi-lo.
  • Se estiver ocorrendo sangramento intenso, cuide dele em primeiro lugar.
  • Não deixe a tala muito apertada. Isso pode impedir a circulação.
  • Esta informação não deve ser utilizada como substituição de aconselhamento médico profissional ou tratamento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível