×
Loading ...

Faça você mesmo: Aquecedor solar de disco parabólico

Atualizado em 13 setembro, 2018

Você pode fazer um aquecedor solar parabólico em forma de tina ou disco. O primeiro caso é ideal para aquecer água em tubulações, mas o segundo é eficiente para esquentar um objeto, ferver água ou cozinhar comida com energia solar. Faça o seu próprio aquecedor com papelão, papel ou compensado e uma antena parabólica velha, pois esta tem a forma necessária para o projeto.

Instruções

A maioria das antenas parabólicas tem a forma adequada para criar aquecedores solares com disco (antenne parabolique professionnelle transportable carbone image by mattmatt73 from Fotolia.com)

    Construindo o disco parabólico

  1. Corte um pedaço de papelão de 25 x 25 cm para fazer um disco parabólico de distância focal de 3,3 cm e diâmetro de 20 cm. A distância focal é a medida a partir do centro do disco que criará o calor. Para fazer um aquecedor menor, use os valores dados como referência.

    Loading...
  2. Desenhe três círculos no centro da lâmina, usando um lápis amarrado a uma corda e medindo a 2 cm, 6,5 cm, 10 cm e 13,5 cm.

  3. Trace 16 linhas a partir do centro usando um transferidor e uma régua de metal, separando-as a 22,5º.

  4. Corte as linhas com uma tesoura. Você obterá 16 peças em forma de cunha. Mantenha-as seguradas depois de cortá-las para que fiquem com forma de círculo.

  5. Comece a sobrepor as cunhas, selecionando uma delas e colocando as vizinhas por cima (para que as bordas se toquem). A união entre as duas cunhas externas deve ser produzida no centro da peça central, que deve ficar completamente coberta.

  6. Trabalhe ao redor do círculo, colocando cada cunha embaixo da anterior. Em seguida, coloque a cunha seguinte sobre a atual. Repita até cobrir todas as peças.

  7. Remova cada peça da frente, pinte com cola branca a parte inferior e cole-a as duas peças de baixo. Deixe secar.

  8. Recorte as quinas sobressaintes da borda do disco para arredondar o disco.

  9. Faça um furo em cada peça, o mais próximo possível da ponta, com a ponta da tesoura. Conecte as cunhas juntas, alinhando os buracos e inserindo um broche de papel através deles.

  10. Abra as cunhas pressionando-as para que as bordas se toquem. Cole-as usando fita transparente grossa na parte exterior. A base da antena parabólica agora está completa.

    Adicionando o material refletor

  1. Corte um retângulo de papel alumínio de 7,5 cm de largura e 20 cm de comprimento usando uma tesoura e uma régua metálica. A peça será 7,5 cm maior que o raio do disco.

  2. Corte o papel diagonalmente pelo lado maior, usando uma tesoura e uma régua metálica, para criar duas peças com forma de cunha.

  3. Misture epóxi e cola branca em partes iguais.

  4. Aplique o adesivo no lado sem brilho do alumínio e coloque este sobre o disco, com a ponta da cunha no centro e o lado mais largo envolvendo a borda.

  5. Coloque o disco na luz do sol, montando-o sobre tábuas de madeira de 38 x 89 mm ou outras de descarte. Coloque mais uma tábua no ponto focal do satélite, a 3,3 cm do centro, para testar o calor gerado pelo aquecedor solar.

Loading...

Aviso

  • Os refletores parabólicos podem ser perigosos. Não construa o disco sob a luz direta do sol, pois pode sofrer queimaduras ou cegueira. Nunca coloque sua mão no centro do disco nem deixe o dispositivo sem supervisão.

O que você precisa

  • Papelão
  • Régua metálica
  • Lápis
  • Compasso
  • Corda
  • Transferidor
  • Broche de latão para papel
  • Fita de embalagem
  • Papel alumínio
  • Cola branca
  • Epóxi
  • Pincel

Referências

Loading ...
Loading ...