Faça você mesmo: tingimento em carpete

Escrito por bonnie singleton | Traduzido por matheus castro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Faça você mesmo: tingimento em carpete
Usar um carpete pode tornar qualquer cômodo elegante e atraente, até que a cor desbote e as manchas apareçam (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Usar um carpete pode tornar qualquer cômodo elegante e atraente, até que a cor desbote e as manchas apareçam. A compra de um novo carpete pode custar milhares de reais. Para economizar dinheiro, tinja-o para rejuvenescê-lo. Se não pode se dar ao luxo de contratar um profissional, há sempre a opção de fazer você mesmo, o que pode ser um desafio, porém gratificante e divertido.

Outras pessoas estão lendo

Considerações

Embora a maioria das fibras aceitem bem a tinta, alguns tipos de carpete não podem ser tingidos, tal como polipropileno, poliéster, olefina e acrílico. Se não tem certeza de qual é o seu tipo, contate o fabricante ou contrate um profissional para descobrir não apenas se o seu tapete pode ser tingido, mas também a melhor cor para escolher e o processo de tintura envolvido. Nesse ponto, decida se simplesmente precisa tingir apenas algumas áreas manchadas ou por completo.

Procure por tintas com qualidade profissional em lojas de materiais de construção, certificando-se de que seja do tipo que não desbota. Uniformize a cor do seu carpete se houver manchas desbotadas ou descoradas. Se elas forem escuras, use uma cor mais escura. Mantenha a cor da mesma família, caso contrário, os resultados podem não ser os esperados. Por exemplo, tingir um carpete amarelo de vermelho criará um carpete laranja.

Preparação

Uma superfície limpa ajudará a tinta a pegar melhor e que a cor fique mais viva, então aspire seu tapete várias vezes, limpe e deixe-o secar. Proteja os rodapés e a parede acima usando fita adesiva.

Use uma sobra de carpete para praticar sua técnica antes de trabalhar no carpete principal. Aplique a tinta levemente, certificando-se de que o tapete e a madeira não absorva muito líquido, o que pode danificar as fibras e fazer com que a madeira fique suscetível ao mofo e bolor. Não pinte em uma área por muito tempo ou poderá acabar com uma cor desigual. Além disso, tinja o carpete durante o dia para ajudar a detectar áreas que não ficaram com cores uniformes.

Não ande no tapete com meias de cor clara no primeiro mês ou após pintá-lo, pois um pouco da tinta pode sair. Aspire mais do que o habitual para ajudar a aliviar esse problema.

Método 1: Escovação

Alugue uma máquina de lavagem rotativa ou máquina para lavagem de carpete com cerdas de náilon de uma loja de materiais de construção e siga as instruções sobre a adição de tinta para carpete na máquina. Mova a máquina uniformemente em todo o carpete em cursos longos, semelhante a cortar a grama. Para evitar aplicações desiguais de cores, evite sobrepor linhas ou permanecer em um lugar por muito tempo. Se feito com cuidado, esse método tende a produzir os melhores resultados.

Método 2: Pintura com spray

Outra opção é alugar uma máquina à pressão para aplicar a tintura. Isso funciona melhor se estiver aplicando o mesmo tom para consertar manchas descoradas ou desbotadas. Não é recomendado se desejar aplicar um tom mais escuro ou mudar a cor completamente. Pode ser difícil conseguir resultados uniformes e conferir uma penetração mais profunda da tinta na lã do carpete, a não ser que tenha um pulverizador de alta pressão.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível